Muitos usuários se preocupam quanto à segurança do iPhone, e não sabem exatamente como funciona. Por isso, a busca por antivírus para iPhone é grande. O que vale ressaltar, é que na verdade não é possível escanear vírus no iOS.

Mas como assim?

Os iPhones e iPads usam um mecanismo avançado de segurança chamado “sandboxing”, que evita que aplicativos executem qualquer alteração em arquivos ou processos em seu sistema. 

Resumidamente, os vírus não podem infectar dispositivos iOS.

Quando as pessoas falam de antivírus para iPhone, referem-se a segurança na internet para iOs, que contam com uma ampla variedade de recursos para manter a navegação segura.

Os dispositivos iOS não são nativamente protegidos contra outras forma de ameaças de segurança, como:

  • Apps de roubo de dados;
  • Links de phishing;
  • Redes Wi-Fi públicas pouco seguras;
  • Roubo de dispositivo;
  • Trackers de navegadores.

Fizemos um compilado com alguns aplicativos que oferecem segurança de qualidade para todos os usuários de iOS, e fornecem uma robusta proteção de cibersegurança sem tarifas ocultas ou períodos de avaliação enganosos.

É importante ressaltar que não existe um aplicativo de segurança gratuito para iOS que inclua todos os recursos para oferecer uma proteção completa. Neste caso, se você quer investir nisso, pode apostar no Norton para iOS.

Leia mais: Como bloquear anúncios de aplicativos no celular?

Confira os antivírus para iPhone

1. Avira Free Mobile Security for iOS 1 

O aplicativo conta com diversos recursos grátis úteis e intuitivos, além de fornecer uma camada adicional de proteção para iPhones e iPads. Para facilitar ainda mais a vida do usuário, o app do Avira conta com versão em português.

Um ótimo recurso é o Privacy Manager, um perfil de iOS que pode ser baixado e que impede que a Siri compartilhe seus dados com a Apple. Assim, após a instalação, esse perfil evita que a Siri registre comandos nos servidores da Apple, o que pode minimizar a quantidade de dados pessoais que as grandes empresas podem coletar.

Os recursos de segurança adicionais do aplicativo incluem:

  • Analisador de dispositivo;
  • Backup de contatos;
  • Gerenciador de armazenamento de fotos;
  • Proteção antirroubo;
  • Scanner de rede;
  • VPN (limite diário de 100 MB).

2. McAfee Mobile Security for iOS: Antivírus para iPhone com alarme

Aplicativo para iPhone grátis e simples de navegar, conta com versão em português, e oferece excelente proteção antirroubo.

Um recurso bem interessante do app é o alarme remoto antirroubo, em que o usuário só precisa acessar o painel online do McAfee para disparar um alarme muito alto cujo volume fica cada vez maior. 

Apesar de existir um alarme da Apple integrado ao iOS, o volume é bem baixo de se ouvir. 

Além disso, a proteção antirroubo do McAfee oferece rastreamento remoto de localização e limpeza de dados, além da opção para exibir uma mensagem automática. Essa função é simples de ser utilizada por meio do painel online do app, diferente do recurso integrado do iOS “Buscar Meu iPhone”, que não conta com uma fácil utilização.

O McAfee conta com:

  • Backup de contatos;
  • Cofre de mídia;
  • Scanner Wi-Fi;
  • Varredura de segurança do sistema.

3. TotalAV Mobile Security 

Dentre os antivírus para iPhone, está o TotalAV, que oferece a maioria de seus recursos aos usuários no plano grátis, incluindo navegador seguro e scanner de violações de dados sob demanda.

Ao utilizar o navegador seguro do TotalAV, o usuário conta com o DuckDuckGo, um mecanismo de busca com foco na privacidade, para garantir que os usuários possam acessar a web sem ser rastreados ou visados por anunciantes. 

O app está disponível em 12 idiomas, incluindo português, e garante uma experiência agradável aos usuários.

Um recurso interessante do TotalAV é o sistema de varredura de violações que escaneia bancos de dados de violações em busca de e-mails que já foram comprometidos. Você pode conferir se algum e-mail já passou por algum tipo de violação.

O TotalAV também disponibiliza alguns outros recursos grátis, incluindo:

  • Gerenciador de bateria;
  • Localizador de dispositivo;
  • Limpeza de fotos;
  • Segurança do sistema.

Depois de conhecer alguns antivírus para iPhone, é hora de saber mais formas de se proteger!!

Dicas de segurança para o iPhone

Perder um smartphone é um acontecimento bem desagradável, ainda mais ao falar dos iPhones, que são como bens devido ao preço cobrado pela Apple por cada aparelho. 

Além disso, saber que alguém poderá ter acesso a seus dados, redes sociais, fotos e vídeos caso você não tenha seguido os cuidados de segurança do iPhone, esse inconveniente se torna ainda pior.

Por isso, compilamos uma série de dicas para que você possa garantir a segurança do seu iPhone e impedir que qualquer um tenha acesso às suas informações!

Use uma senha de acesso

A primeira barreira para impedir que alguém tenha acesso ao seu dispositivo é apostar na utilização de uma senha de acesso.

Você pode optar por incrementar ainda mais a segurança e dificultar a ação de pessoas mal-intencionadas ao definir uma senha alfanumérica maior que seis campos.

A chegada do Touch ID facilitou a vida de quem não gostava de digitar o código, porém, usar a senha de acesso é importante. Por isso, basta escolher algo que você consiga memorizar facilmente, assim você dificulta a vida de quem está tentando invadir seu iPhone.

Para ativar o uso do código, siga os passos:

  • Acesse “Ajustes”;
  • Role a tela e toque em “Touch ID e Código”;
  • Nessa tela, procure a opção “Ativar código” e toque sobre ela. 
  • Feito isso, o iOS pedirá para você definir que tipo de código deseja criar;
  • Escolha e forneça a senha de acesso ao seu iPhone. 
  • Pronto, depois disso você só conseguirá desbloquear o iPhone após inserir essa senha ou fornecer sua digital através do Touch ID.

Desative acesso com tela bloqueada

O código de acesso pode ser suficiente para parar a ação de pessoas mal intencionadas, porém, alguns usuários mais experientes podem se aproveitar de uma falha no iOS que permite acessar informações pessoais mesmo a partir da tela bloqueada.

As configurações da Siri podem entregar informações pessoais a quem encontrar seu iPhone perdido ou roubado. Por isso, para evitar que esse tipo de coisa aconteça, o ideal é desabilitar o uso da Siri a partir da tela bloqueada.

As opções disponíveis incluem acessar informações pessoais como mensagens de texto, realizar pagamentos e usar a Siri mesmo com o iPhone bloqueado.

  • Para fazer isso, siga os passos:
  • Acesse o menu “Ajustes”;
  • Toque em “Touch ID e Código”. 
  • Nessa tela, busque pela seção “Permitir acesso quando bloqueado”;
  • Perceba que a opção Siri está com a chave ativada – desative-a para limpar o funcionamento da assistente pessoal na tela bloqueada.

Caso você tenha uma preocupação maior com privacidade e segurança, as outras opções podem ser importantes:

Você pode desativar o “Wallet” para que obrigatoriamente precise desbloquear o iPhone para fazer pagamentos usando o Apple Pay. 

Nas opções “Hoje” e “Visualização de Notificações”, você pode evitar que as informações  apareçam na tela bloqueada. E por último, o “Responder com Texto” pode impedir que mensagens de texto sejam respondidas a não ser que a tela seja destravada.

Ative a autenticação em dois fatores

O recurso de autenticação em dois fatores permite que você proteja todas as suas informações, pagamentos, fotos e arquivos armazenados no iCloud.

A pessoa que estiver com o celular, precisaria ter em mãos um outro dispositivo seu para fornecer a segunda senha exigida no ato do acesso.

QUER REDES SOCIAIS LIVRES? CONHEÇA O TIM BLACK AQUI!

Se você gostou do nosso conteúdo, então acompanhe o Blog Mais TIM. Publicamos diariamente, pois você merece estar sempre bem-informado.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui