Ciência e saúde andam cada vez mais lado a lado na era digital. Nesse sentido, os aplicativos de meditação estão passando a ser criados e geridos por especialistas da área médica, deixando de ser ferramentas complementares de bem-estar para assumir o papel de protagonistas na promoção de vitalidade.

Diversos estudos têm mostrado que, entre os principais benefícios alcançados com a prática, é possível destacar melhorias no sono, melhora do humor, aumento do foco e incremento do sistema imunológico. Outro benefício de grande valia para o atual momento de confinamento é o controle de ansiedade e da depressão.

O melhor de tudo é que todas essas benesses agora podem ser alcançadas com apps no seu celular. Um exemplo que merece destaque é o Cíngulo, que foi eleito pelo Google o melhor aplicativo de 2019 para plataformas Android. Porém, as outras opções citadas aqui, Lojong e Calm, são concorrentes à altura, e não deixam a desejar em nenhum aspecto.

Você quer tirar um pouco o pé do acelerador e aliviar a carga de tensão acumulada ao longo do dia? Então, confira esta lista com os 3 melhores aplicativos de meditação do momento. E, se quiser fazer um verdadeiro combo, descubra aqui o poder da jardinagem, que também combate a ansiedade, a depressão, e vem inclusive sendo recomendada em clínicas médicas como terapia!

Leia mais: Quer aproveitar a quarentena pra aprender outro idioma? Veja aplicativos!

QUER REDES SOCIAIS LIBERADAS PARA SEU CELULAR? AQUI NA TIM TEM!

Aplicativos de meditação: não é só para monges

Apesar de o termo meditação ser naturalmente vinculado à figura do monge que repousa sentado por horas a fio no alto da montanha, faz tempo que o Ocidente vem aproveitando de seus benefícios.

Inclusive, a prática já está tão difundida que a área da saúde cada vez mais pesquisa sobre o assunto em trabalhos acadêmicos. E o melhor de tudo é que os resultados são cada vez mais promissores.

Entre os principais benefícios associados à meditação, podemos listar o seguinte:

  • Reduz o estresse;
  • Controla a ansiedade;
  • Melhora quadros de depressão;
  • Desenvolve mais imunidade;
  • Aumenta a capacidade de foco;
  • Ajuda a melhorar o sono;
  • Tem poder para diminuir a pressão arterial;
  • Melhora a autoestima pessoal;
  • Ajuda no combate a vícios preexistentes;
  • Funciona como ‘remédio’ para perda da memória e declínio cognitivo.

Os proveitos da meditação são tantos que ela já anda sendo recomendada por profissionais da área da saúde como terapia complementar a tratamentos farmacológicos. E as principais doenças combatidas são diabetes, hipertensão e câncer, além das doenças psíquicas já citadas.

Assim, os aplicativos de meditação vêm se tornando mais presentes entre seus usuários, evidenciando que as pessoas estão buscando por essa melhora do bem-estar, e que o retorno em relação aos resultados vem sendo cada vez mais positivo.

O que vale destacar é que esse tipo de app propõe atividades que são fáceis de serem cumpridas. Geralmente são curtas, em média com 15 minutos, permitindo que o usuário aumente sua demanda de acordo com a sua disponibilidade sem transformar a novidade em uma prática extensa ou maçante.

Afinal, é preciso se acostumar!

3 opções de aplicativos para meditação

1. Cíngulo: melhor aplicativo para meditação de 2019, segundo o Google

O Cíngulo já é uma referência entre aplicativos para meditação. Criado por dois psiquiatras doutores em neurociências – com doutorado mesmo -, o aplicativo se propõe a conduzir uma autoterapia para o indivíduo. Parece até paradoxal, mas existe uma lógica por trás dessa proposta.

aplicativos para meditação

Apesar de a terapia ser guiada, o que o Cíngulo faz é intermediar o ‘paciente’ e a cura, sendo que as respostas para seus dilemas devem ser encontradas por ele mesmo. Assim, os questionamentos estão presentes no fim das práticas de modo a lançar luz sobre as causas da aflição individual.

O aplicativo está disponível para Android e iOS, conta com uma versão gratuita, porém é preciso pagar para desfrutar de tudo o que ele oferece. O bom é que o preço é relativamente baixo em comparação às terapias tradicionais: R$99 por semestre.

Se vale a pena? A promessa de seus criadores é a de que em dois meses, com apenas alguns minutos diários, metade da sua ansiedade irá desaparecer enquanto sua vontade de agir irá duplicar. Nada mal, não é? ‘Bora experimentar!

Leia mais: Aplicativos Fitness: 9 opções para quem quer manter a saúde em dia

2. Lojong: Meditação e Mindfulness +Calma -Ansiedade

O Lojong é outra referência digna de nota! Assim como o Cíngulo, conta com 4,9 estrelas na Play Store e já está presente em mais de 1 milhão de aparelhos. Porém, todos são Android, e os cliente da Apple não poderão desfrutar de todas essas estrelas.

lojong meditação mindfulness

Entre os aplicativos de meditação, esse pode ser o que dá nome (pelo menos) à maior gama de benefícios baseada em terapias de relaxamento modernas. Assim, além de meditar, o app ensina a relaxar, a cultivar a felicidade genuína e a reduzir a quantidade de raiva.

Outro de seus benefícios é a melhora dos relacionamentos interpessoais, o que é bem interessante.

O Lojong também traz para dentro de si alguns dos hábitos que vêm sendo descritos como impulsionadores de bem-estar humano. Entre eles, o famigerado (positivamente) Mindfulness e a gratidão, essa com exercícios, meditações e diário (de escrever diariamente mesmo, para monitorar picos altos e baixos). Nada mal, não? Obrigado por tudo, Lojong!

A aplicação é gratuita numa imensidão de conteúdos, mas para desfrutar dela com plenitude é preciso fazer compras dentro dentro da plataforma, que vão de R$ 3 a R$ 154, o que não é nada demais tendo em vista tudo o que ela proporciona.

Leia mais: Estudar online: 10 coisas que você pode aprender pelo Youtube

3. Calm – medite, durma e relaxe

Outro gigante entre os aplicativo de meditar é o Calm! Trata-se da Escolha do Editor no Google Play, e já está presente em mais de 50 milhões de dispositivos móveis ao redor do mundo, tanto usuários de Android quanto de iOS.

O Calm conta com meditações guiadas, contação de histórias para dormir, programas de respiração, músicas relaxantes e sons variados, para aquele momento em que for necessária uma pausa da rotina ou um fundo para a prática de ioga.

Além disso, conta com uma interface limpa, intuitiva e agradável, que cria a sensação de conforto desde o primeiro contato.

As meditações em si têm uma distribuição bastante interessante. Elas contam com versões de 3, 5 10, 15, 20 ou 25 minutos. Assim, o usuário pode escolher aquela que mais se adeque à sua disponibilidade.

Entre as áreas da vida que podem ser trabalhadas objetivamente a partir da plataforma estão gratidão, autoestima, Mindfulness, relacionamentos, bondade amorosa, perdão, não julgamento ou mudança de hábitos. Além desses, os clássicos ansiedade e depressão também estão presentes.

No caso do Calm, o aplicativo conta uma versão gratuita, mas limitada. Para desfrutar dele por completo, é preciso fazer compras dentro da aplicação, e aqui elas podem alcançar valores um pouco mais elevados: entre R$ 2,52 e R$ 1.499. Ainda assim, nada que impeça as boas avaliações de usuários Premium nas lojas de aplicativo.

Alguns aplicativos de meditação dependem de internet

Vale lembrar que algumas das funcionalidades dos aplicativos de meditação podem precisar de vinculação à internet para funcionar corretamente. Assim, é importante que você conte com um bom pacote de dados para não ficar dependente do Wi-Fi.

As opções Controle da TIM podem ser suficientes para que você use esse aplicativos diariamente sem se preocupar, e você pode conhecer todos os benefícios dessa modalidade neste link.

Leia mais: Cuidar de plantas pode combater depressão, ansiedade, e já é terapia!

GARANTA AQUI SUA MELHOR OPÇÃO DE INTERNET MÓVEL

Se você gostou do nosso conteúdo, então acompanhe o Blog Mais TIM. Publicamos diariamente, pois você merece estar sempre bem-informado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui