Os aplicativos invadiram nossos smartphones e estão cada vez mais presentes nas nossas vidas. Eles são tipo uma lâmpada mágica moderna: com um toque na tela do celular, você consegue fazer praticamente qualquer coisa hoje em dia (incluindo meditar). Mas você já parou pra pensar de onde vêm os apps para celular?

Pertencente à área da TI, o desenvolvimento mobile é o segmento responsável pelo planejamento, elaboração, testes e implementação de softwares para os dispositivos móveis. A carreira está entre as áreas com perspectiva de crescimento salarial para o ano de 2019, ocupando a primeira posição na lista.

Entretanto, além dos desenvolvedores mobile, os apps para celular também podem ser criados por meio de plataformas que não exigem conhecimento de programação. Então, se você sempre quis criar um aplicativo móvel para o seu negócio, mas achava o investimento muito elevado, fique sabendo que existem opções interessantes no mercado. E nós vamos ajudá-lo a conhecer melhor essas opções. Confira!

COMPRE AGORA O MELHOR PLANO DE INTERNET PARA O SEU CELULAR! 

Mas, primeiramente, o que são apps para celular?

Apps para celular são programas de software presentes em smartphones Android, iPhone (iOS) e em outros dispositivos inteligentes, como smart TVs. Os apps podem ser gratuitos ou pagos e desempenham diversas funções: mensageiros online, streaming, gerenciadores, editores de fotos e vídeos, etc. Alguns já vêm instalados de fábrica, enquanto outros podem ser obtidos na Apple Store ou na Play Store.

Os aplicativos facilitam a vida do usuário e se tornaram indispensáveis no dia a dia, a ponto de “app” ter sido selecionada a palavra de 2010 pelo American Dialect Society. Eles são comparados a um canivete suíço, com um monte de ferramentas dentro. E, exatamente como no canivete, tem ferramenta que você usa mais, outras que usa menos, e tem aquelas também que você nem sabe direito para que precisa.

Os apps para celular viraram pontes para conectar pessoas a seus desejos. E também ligam quem precisa de ajuda aos que estão dispostos, longe ou perto.

A “língua” dos grandes apps é praticamente universal: eles funcionam do mesmo jeito em qualquer lugar. Daí que não é preciso saber falar o idioma local para descolar quarto, carro, comida ou achar a rota. Além disso, os tradutores no telefone estão cada vez mais eficientes: já leem placas em tempo real.

Profissão: desenvolvedor de apps para celular

A carreira em desenvolvimento mobile não exige curso superior. No entanto, a maior parte das vagas pedem como pré-requisito a graduação em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Ciência da Computação, Matemática, entre outras.

Dessa forma, o profissional pode realizar cursos online que ensinem como criar aplicativos ou optar pela graduação em um curso da área de TI e se especializar em desenvolvimento mobile. Os tecnólogos são uma alternativa para quem procura uma formação específica e com a possibilidade de conclusão em um período menor, como é o caso do curso Sistemas para Smartphones e Tabletes.

De modo geral, seja optando pela graduação ou pelo aprendizado próprio, o desenvolvedor de aplicativos precisa dominar os seguintes conhecimentos:

  • Lógica de Programação
  • Linguagem de programação para Android (Java)
  • Linguagem de Programação para iOS (Objective-C ou Swift)
  • Banco de Dados
  • Conhecer os Ambientes Integrados de Desenvolvimento – IDE (Android Studio e Xcode são os mais conhecidos)
  • UML (Linguagem de Modelagem Unificada)
  • Maketplaces (Google Play e Apple Store são as principais), entre outros

Mercado de trabalho para o desenvolvedor mobile

O mercado de trabalho de desenvolvimento mobile é atrativo e está em constante crescimento. Os brasileiros fazem uso massivo de aplicativos para as atividades do dia a dia. Além disso, as empresas estão cada vez mais no ambiente digital. Isso tem levado os jovens a buscarem uma carreira na área de TI como um todo e, em especial, o desenvolvimento mobile.

No entanto, se destacar na área exige esforço e dedicação, além de conhecimentos técnicos e habilidades para análise mercadológica, traçar o perfil do público e em estratégias de vendas. Também é importante ter o inglês intermediário e uma visão de negócios apurada e conectada com as novas tendências.

Plataformas para fazer apps para celular

Entretanto, já existem várias opções que permitem montar um app sem a necessidade de conhecimentos em programação e desenvolvimento. Essas ferramentas geralmente disponibilizam os recursos para criar aplicativos de maneira simplificada e intuitiva. As vantagens? Ter um aplicativo para o seu negócio é uma forma de manter a proximidade com o cliente, ganhar reconhecimento de marca e entregar valor.

No site Fábrica de Aplicativos, você consegue, em poucos cliques, criar um app totalmente personalizado. Você mesmo, sem programar, pode criar seu próprio app, da sua turma, da sua escola, do seu negócio, restaurante, app de vendas, do seu blog, das coisas que você gosta ou das pessoas que você segue. O plano especial, que permite a criação de um app, custa R$ 44 mensais.

Já com o site para criar aplicativos Easy Easy Apps, você consegue personalizar e criar aplicativos Android, iPhone e HTML5 de qualidade profissional sem código e sem programação. Os planos vão de 27 a 150 dólares por mês, mas é possível testar o serviço gratuitamente.

Por que as empresas investem em apps para celular

Os apps para celular permitem oferecer diversos serviços e facilidades para os clientes. Empresas sem aplicativo próprio são vistas como desatualizadas no cenário atual. O cliente quer ter acesso ao serviço na palma da mão. Ele quer facilidade e soluções rápidas. Então, ter um aplicativo é uma forma de mostrar que você se importa com inovação, o que se traduz em vantagem competitiva para o negócio.

Os apps também trazem outras vantagens, conforme veremos abaixo.

Canal direto de vendas

Um aplicativo é, na prática, um canal direto de vendas. Dá para oferecer compras dentro do aplicativo ou apostar na modalidade freemium. O importante é que, ao disponibilizar um aplicativo, você corta intermediários na sua relação com o cliente.

Entrega de valor

Com um bom aplicativo, você entrega valor para o cliente. Claro que, para isso, é necessário oferecer uma plataforma ou serviço que realmente agregue algo ao usuário. Dessa forma, além de fazer parte do cotidiano do usuário, você se estabelece como autoridade no mercado e ainda fideliza o cliente.

Relacionamento com o cliente

Como os aplicativos permitem o envio de notificações para o usuário, essa é uma maneira de nutrir um relacionamento com o cliente e permanecer sempre na lembrança dele. Divulgue promoções, lançamentos, ofertas e cupons em tempo real e construa um relacionamento com os usuários do app.

Reconhecimento de marca

Em um artigo para a Small Business Trends, Andrew Gazdecki, CEO da Bizness Apps, afirma que um aplicativo pode melhorar o reconhecimento independentemente de a empresa ser nova ou não. “Basta criar um aplicativo com recursos agradáveis e você irá hipnotizar seu público”, destaca.

Dados do público

Gazdecki também pontua que ter um app é uma forma de obter informações sobre o consumidor para o negócio. “Exemplos são localizações geográficas. Mais importante, você pode fornecer muitas informações aos seus clientes sobre seus produtos e serviços”, diz.

Apps para celular Android

O sistema operacional Android tem uma taxa de penetração muito ampla nos usuários mobile do Brasil. Ele é utilizado por smartphones de diferentes marcas, como Samsung, Motorola e Sony, por exemplo. De acordo com dados de 2018 da empresa de análise de dados Kantar Worldpanel, no Brasil, a cota de mercado de vendas do Android corresponde a 94,9%, comparado a 4,3% do iOS.

Ou seja, há mais usuários de Android do que usuários do sistema operacional iOS, da Apple, que é o seu principal concorrente. Isso não significa que você não deva investir na criação de um aplicativo para iOS. Mas o Android é uma plataforma que oferece maior alcance no Brasil para a sua primeira investida em mobile.

Com o sistema AppMachine, por exemplo, é possível criar aplicativos Android a partir da importação das informações do seu site. A criação do aplicativo é feita em poucos segundos, e você pode se dedicar a personalizá-lo com novos botões e ferramentas. São três etapas até que o app esteja pronto: design, teste e publicação. Os preços variam a partir de 49 dólares mensais.

Quer saber mais sobre as últimas novidades em tecnologia? Então, não deixe de conferir nosso blog. Dessa forma, você está sempre por dentro das últimas tendências do mercado tecnológico, smartphones, games, internet e muito mais. Além disso, fica bem informado e toma sempre as melhores decisões! 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui