Depois da revolução tecnológica acontecida no Novo Milênio, é até possível alguém se encontrar sozinho, mas é muito difícil que se sinta solitário. Isso, pois sobejam aplicativos mensageiros, dedicados a troca de mensagens, áudios, videochamadas e interações coletivas. Assim, o bate-papo sem limitações geográficas faz cada vez mais parte do nosso cotidiano.

É preciso ressaltar que durante a pandemia do coronavírus é cada vez mais regular a interação por vídeo. Ainda que os aplicativos mais tradicionais, tais como WhatsApp e Messenger, sejam originalmente dedicados às mensagens de texto, a implementação da função videochamada caiu como uma luva para quem gosta da comunicação online. Em ferramentas mais clássicas, como Skype e Zoom, a luva já estava posta.

Em 2020, quando o mundo parou, houve inclusive uma corrida para ver quem angariava mais espaço nesse novo nicho de mercado. O Google Meet, por exemplo, tornou ilimitado o tempo de duração de suas chamadas para todos os usuários, função que antes era reservada à versão Premium. Agora, basta acessar sua página e iniciar uma videoconferência, distribuindo seu link aos convidados.

O Telegram, por outro lado, correu contra si mesmo para entregar a funcionalidade. Tido como o principal concorrente do WhatsApp, o software conta com algumas funções bem interessantes. Porém, a opção de bate-papo por vídeo só chegou em agosto de 2020.

Se você quer ver uma lista atualizada dos melhores aplicativos para bate-papo, seja por voz, seja por vídeo, e descobrir as funcionalidades de cada um deles, então confira a lista que preparamos.

Leia mais: Bate-papo com clientes via aplicativo é a nova obrigação das empresas!

GARANTA AQUI SUA MELHOR OPÇÃO DE INTERNET MÓVEL E FIQUE ONLINE

Aplicativos para bate-papo: confira os melhores

Antes demais nada, vale dizer que, para dar conta do uso das aplicações abaixo, é sempre bom ter uma internet com um grande volume de dados no seu celular, certo? Então, quem sabe você não confere aqui os planos da TIM e encontra aquele que dá suporte a todas as suas necessidades? Vamos lá!

1. WhatsApp

O primeiro aplicativo da nossa lista é nada mais nada menos do que o WhatsApp, o mensageiro mais tradicional em listas mundiais. Como se trata de uma aplicação presente na maioria dos smartphones do mundo, ele facilita o contato pois basicamente todas as pessoas contam com uma conta nele.

Só para se ter uma ideia, no Brasil são mais de 120 milhões de instalações em dispositivos móveis. Segundo estimativas, isso representa nada menos do que 99% dos smartphones nacionais que podem contar com ele (por idade ou atualização de software). E nem todas são pessoais: 3000 contas corporativas são mantidas na rede social para otimizar a relação entre clientes e vendedores ou prestadores de serviços.

As videochamadas já fazem parte da rotina do WhatsApp, e no celular é possível manter um diálogo com até oito participantes simultaneamente. Porém, o WhatsApp Web foi mais além, provavelmente numa tentativa de concorrer com Zoom, Google Meet, Skype ou Microsoft Teams. Nele, é possível criar salas que recebem até 50 participantes ao mesmo tempo.

Com relação à segurança, o Facebook (dono do Whats) garante que os dados trocados via app contam com criptografia de ponta-a-ponta, P2P, sendo que nem mesmo a empresa tem acesso às informações. Contudo, vale ressaltar que as videochamadas realizadas no WhatsApp Web não contam com essa camada de proteção.

2. Telegram: o bate-papo com funcionalidades extras

O Telegram é tido como o principal concorrente do WhatsApp, ainda que sua fatia de mercado seja mais tímida. Isso acontece, pois trata-se de um aplicativo realmente dedicado à função mensageira, o qual, porém, vai um pouco mais além e oferece recursos com os quais a concorrência não conta.

Em primeiro lugar, já imaginou um chat secreto no qual exista um timer de autodestruição da conversa? Porque essa funcionalidade faz parte do repertório do Telegram. Isso pode ser uma razão para políticos e pessoas do alto escalão terem preferência por ele, mas não vem ao caso.

Outros recursos que garantem algum tipo de privacidade no app são a impossibilidade de tirar prints ou de encaminhar itens trocados através dele. Ou seja, mesmo os participantes do diálogo estão impedidos de compartilhar informações constantes na conversa.

Sua função mais interessante fica por conta dos canais: Eles funcionam como os grupos do WhatsApp, entretanto somente administradores podem publicar. Essa funcionalidade acaba, então, sendo ideal para a divulgação de conteúdo sem que o fluxo informacional seja interrompido indevidamente. Os participantes figuram como audiência, simplesmente.

O compartilhamento de arquivos pode alcançar até 1.5GB, volume bem maior do que os 100MB providos do WhatsApp. Por fim, aplicação já conta com as chamadas de vídeo, ideal para quem aprecia reuniões por videoconferência.

3. Omegle: converse com pessoas do mundo inteiro

O bate-papo com estranhos é uma prática que se tornou comum entre os mais jovens. Provavelmente, o surgimento desse comportamento tenha se dado junto ao surgimento do Omegle: Talk to Strangers. Esse é um site em que o usuário vai pipocando de câmera em câmera até parar em uma pela qual sinta atração. É possível selecionar o idioma, texto ou vídeo para o chat.

Nessa plataforma, estão presentes pessoas do mundo inteiro. Do mesmo modo, estão presentes pessoas com as mais variadas intenções. Por isso, vale a pena deixar de fora da sala os menores de idade, ou pelo menos os impúberes. Volta e meia sopeta um nu não-artístico na tela.

4. Buzzr: bate-papo com desconhecidos virou moda

O Buzzr tem uma proposta levemente, permitindo que o usuário converse de maneira anônima com outros usuários desconhecidos. Porém, a diferença é que aqui há um aplicativo dedicado. Disponível para Android, o app só permite o contato inicial.

Para dar seguimento ao bate-papo, é preciso redirecionar a conversa para outras plataformas, tais como redes sociais. Caso a conversa não flua como o esperado, basta sair da sala e se dirigir à próxima.

5. Viber: um dos pioneiros para videochamadas

Quando falamos sobre aplicativos dedicados a videochamadas, o Viber não pode ficar de fora. Trata-se de um dos pioneiros nesse sentido, o qual já vai completar 10 anos de idade em 2020. Apesar de não ser tão popular quanto alguns de seus concorrentes, ele é digno de nota para quem quer uma alternativa às etiquetas mais tradicionais.

Além de ligações de voz ou de vídeo gratuitas, um de seus destaques é a opção de ligar para telefones fixos ou móveis internacionais. Com ele as tarifas acabam sendo mais baixas do que as praticadas por empresas de telefonia. E o melhor de tudo é que ele está disponível para todas as plataformas, tanto para smartphones quanto para computadores.

6. ICQ: o bate-papo dos anos 2000 voltou, e está com tudo

Se você nunca ouviu falar no ICQ, não tem problema. Isso só mostra que você é mais jovem do que algumas das referências que causam impacto no público mais velho. Ainda assim, o nostálgico ICQ merece figurar nesta lista, porque ele faleceu nos anos 2000, porém ressuscitou com tudo agora, e cheio de funcionalidades, diga-se de passagem.

O exemplo mais notório é que suas salas de bate-papo têm suporte para 25.000 pessoas, nas quais se pode criar grupos menores. Ademais, uma de suas operações nativas é a transcrição de mensagens de áudio em texto, além da interessante sugestão de respostas prontas.

As chamadas de voz e de vídeo suportam até 30 participantes, e ainda contam com filtros de realidade aumentada, o que é bem legal para diferenciá-lo de aplicativos mais simplistas. Por fim, ele conta com alguns bots para você passar o tempo caso não tenha ninguém para conversar no momento.

O aplicativo está disponível para todas as plataformas, seja para celulares, computadores.

Leia mais: Como empreender na internet: 9 dicas para quem vai começar do zero

GARANTA AQUI A MELHOR OPÇÃO DE INTERNET MÓVEL E FIQUE ONLINE

Se você gostou do nosso conteúdo, então acompanhe o Blog Mais TIM. Publicamos diariamente, pois você merece estar sempre bem informado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui