Você já teve que inserir um código PIN para desbloquear um celular? Pois é, o código PIN foi criado para proteger os dados dos smartphones e de outros aparelhos e transações. Ele é uma chave de segurança que impede que estranhos tenham acesso às informações que estão salvas no seu celular.

Hoje em dia, usamos os smartphones para fazer uma infinidade de coisas. Além disso, é neles que armazenamos cada vez mais informações pessoais e profissionais. Portanto, é muito importante buscar garantir a proteção desses dados. E é para isso que existe o código PIN.

PIN é a sigla em inglês para “Personal Identification Number”, ou Número de Identificação Pessoal, em português. Ele autentica os usuários e protege suas informações, como uma senha. Além de ser usado para o desbloqueio de aparelhos celulares, ele também costuma ser exigido em transações bancárias, processamento de pagamentos e validação de cartões SIM.

Vem com a gente para entender melhor como funciona o código PIN, qual a diferença entre código PIN e código PUK e o que fazer em determinadas situações em que o código é solicitado. Por fim, no artigo abaixo vamos tentar esclarecer as principais dúvidas sobre esse recurso de segurança. Confira!

CONTRATE AGORA O MELHOR PLANO DE CELULAR PRA VOCÊ! 

O que é o código PIN

O PIN é um código alfanumérico ou numérico de, no mínimo, quatro dígitos usado para acessar algum sistema de forma segura. O número de identificação pessoal valida o login do usuário.

Nos celulares, o PIN serve para identificar que aquele cartão SIM é único e pertence a um usuário específico. O código pode ser usado para bloquear funcionalidades como realização de chamadas telefônicas, navegação na internet e envio de mensagens SMS.

📲A internet do seu celular acaba rápido?

Venha para a TIM e navegue à vontade!

O código PIN é utilizado para desbloquear o chip. Entretanto, essa função costuma ser desativada pelas operadoras, cabendo ao usuário ativá-lo ou não. Assim, caso você não queira que alguém tenha acesso aos seus contatos ou utilize sem número em caso de perda ou roubo, basta bloqueá-lo.

Ao fazer a ativação da combinação de números, eles passarão a ser solicitados para acessar o chip e as informações contidas nele, como contatos. Além disso, será solicitado o PIN toda vez que o dispositivo for ligado.

Em smartphones com sistema Android, os PINs ajudam a reforçar a segurança do aparelho, uma vez que evitam que qualquer pessoa desbloqueie a tela e tenha acesso fácil às informações pessoais do usuário. Mesmo que o invasor tente reiniciar o aparelho para burlar o mecanismo de segurança, o sistema operacional exigirá a senha, e o dispositivo não receberá chamadas, mensagens ou notificações. Isso é especialmente útil no caso de celulares perdidos ou roubados.

Como descobrir qual é meu código PIN

É muito fácil descobrir qual é o seu código PIN. Basta consultar o cartão que veio com o chip da sua operadora. O código PIN, suas variações e também o código PUK ficam sempre no verso do cartão.

Se você perdeu esse cartão ou não sabe onde ele foi guardado, tente o código PIN padrão da sua operadora:

  • Vivo – 8486
  • TIM – 1010
  • Claro – 3636
  • Oi – 8888

Caso o PIN padrão da sua operadora não funcione, será preciso entrar em contato com a empresa. Para isso, o chip deve estar cadastrado e somente o próprio titular da linha móvel pode fazer tal solicitação.

Veja os números de cada uma das empresas para os quais é possível ligar de qualquer telefone fixo:

  • Vivo – 1058
  • Oi – 1057
  • Claro – 1052
  • Tim – 1056
  • Nextel – (011) 4004-6611

Como ativar ou desativar o código PIN

Esse também é um processo muito simples. Para isso, siga os passos abaixo:

  • Clique no ícone “Configurações” do seu dispositivo
  • Procure a opção “Segurança” e acesse
  • Em seguida, toque em “Configurar bloqueio do SIM” ou “Definir bloqueio do SIM”
  • Escolha o chip desejado, caso tenha mais de um no mesmo aparelho
  • Vá em “Bloquear cartão SIM” e ative a função para bloquear ou desative para desbloquear
  • Insira o código PIN informado no cartão da sua operadora

Se preferir, também pode ir até a opção “Alterar PIN do SIM” no seu smartphone para configurar uma senha personalizada para o seu chip. Uma dica é guardar essa senha em algum lugar caso você acabe esquecendo o novo código escolhido.

Vale ressaltar que esse bloqueio só é possível enquanto o chip estiver no seu celular. Caso ele já tenha sido perdido ou roubado, não é possível fazer essa configuração e você deve entrar em contato com a sua operadora.

E se eu mudei meu código PIN, mas não lembro dele?

Infelizmente, não há como saber o PIN do celular após defini-lo. Ainda assim, quem esquecer o código pode recorrer a alguns truques que ajudam a recuperar o acesso ao celular. Em celulares Android, um recurso bastante útil nessas horas é o Smart Lock, que permite manter o dispositivo desbloqueado enquanto ele estiver em um local seguro ou perto do dono.

Caso você tenha configurado o Smart Lock para desbloquear o aparelho em algum endereço específico, como a sua casa, basta levá-lo até esse local para destravar a tela automaticamente. Para habilitar o recurso e prevenir eventuais transtornos, acesse Configurações > Tela de Bloqueio > Smart Lock. Em seguida, confirme seu mecanismo de segurança atual (PIN, padrão ou senha) e escolha um sinal de desbloqueio.

Outra opção é recorrer ao Gerenciador de Dispositivos do fabricante do aparelho. Donos de celulares Samsung, por exemplo, podem acessar o site Samsung Find My Mobile, fazer login com a conta Samsung e habilitar a opção “Desbloquear minha tela” para destravar o celular remotamente. Vale lembrar que só é possível ativar o recurso se o usuário tiver se cadastrado previamente no site. Outras marcas podem oferecer recursos similares.

Caso nenhuma das alternativas acima funcione, você precisará formatar o celular. Para executar o procedimento remotamente, acesse o Gerenciador de Dispositivos do Android (www.google.com/android), faça login em sua conta do Google e selecione “Limpar dispositivo”. Após a limpeza, o sistema exigirá a senha da conta do Google para que o aparelho possa ser reutilizado.

O que é o código PUK

Na sigla em inglês, PUK significa “Personal Unblocking Key”, ou Chave de Desbloqueio Pessoal, em português. Assim como o PIN, ele é um código atribuído a chips de celular.

O PUK, entretanto, possui oito dígitos e serve para desbloquear ou trocar o código PIN. A senha é especialmente útil quando o usuário digita o PIN errado por três vezes e acaba bloqueando o chip.

Nesses casos, o PUK funciona como uma segunda chance de liberar o cartão SIM. Além disso, o código pode ser utilizado em caso de perda ou tentativa de fraude no uso do PIN. Tanto o PIN quanto o PUK podem ser encontrados no verso do cartão que acompanha o chip.

Ou seja, o código PUK é utilizando principalmente em três situações:

  • caso o usuário, ao tentar acessar um aparelho, digite o PIN errado três vezes e, por conta disso, o chip for bloqueado. Ao inserir no seu celular a numeração PUK, ele será liberado
  • em caso de perda
  • em tentativa de fraude no uso do PIN

O código PUK tem um limite de erros de digitação maior que o PIN. Mas se você errar 10 vezes, seu chip será bloqueado em definitivo e será necessário comprar um novo, pois um PUK bloqueado não pode ser recuperado. Mesmo com um outro chip, seu número antigo continuará valendo.

❌Chega de ficar sem internet!

Na TIM, você navega à vontade e dispõe de uma série de benefícios exclusivos.

Já se o usuário tiver apenas perdido o cartão no qual estão os códigos de acesso, basta ligar para Central de Atendimento da operadora e pedir para o atendente informe qual é o seu PUK a partir do seu número de telefone.

Mais números

Em algumas cartelas, os códigos podem aparecer identificados como PIN 1 e PIN2, PUK 1 e PUK 2. E talvez ainda apareça um código ICCID.

O PIN 1 é a senha principal de acesso ao seu aparelho. Ou seja, com o bloqueio dele não será possível acessar o celular em nenhuma função, apenas chamadas de emergência.

Já o PIN 2 pode ser usado para serviços especiais, como por exemplo, restringir o acesso a apenas determinados recursos do aparelho. O PUK 1 e PUK 2 são utilizados para desbloquear o PIN 1 e o PIN 2, respectivamente.

O ICCID é o “Integrated Circuit Card Identifier”, na sigla em inglês. Ele serve de identificação para o cartão SIM (chip).

Quer saber mais sobre as últimas novidades em tecnologia? Então, não deixe de conferir nosso blog. Dessa forma, você está sempre por dentro das últimas tendências do mercado tecnológico, smartphones, games, internet e muito mais. Além disso, fica bem informado e toma sempre as melhores decisões! 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui