Desejo de uns, realidade de outros, trabalhar em casa vem ganhando cada vez mais espaço na realidade brasileira. Se você se enquadra nessa circunstância, descubra neste post como montar um home office gastando pouco.

A tendência recente de trabalhar a partir de casa se concretizou no mundo muito antes do previsto. Apesar de figurar nos planos de muitas empresas e trabalhadores há tempos, essa modalidade definitivamente teve uma espera abreviada pela crise sanitária que o coronavírus impôs.

Porém, o fruto dessa migração acontecida para dentro dos lares pode ser estabelecido a partir de agora como um paradigma para alguns empreendimentos. Entre os destaques, o Twitter anunciou que, para todos as profissões que tenham condições de operar remotamente, trabalhar em casa se tornará a regra mesmo depois de acabada a pandemia.

Sabidamente o home office traz benefícios a empregadores e empregados. Aos primeiros, gerenciar melhor a sua jornada e aumentar a produtividade são alguns. Mas, não precisar se deslocar nem encarar o trânsito corrido das grandes cidades é o mais proeminente, e pode garantir ao empregado formal até 3 semanas livres (em horas) por ano.

Para os empregadores, as vantagens também são notórias. Primeiro, o espaço físico necessário para tomar conta de um negócio se reduz drasticamente. E grandes empresas como a Philips já perceberam isso, fazendo uso de escritórios compartilhados nos dias de “escritório”. Além disso, a redução das despesas operacionais com luz, água e insumos de papel e plástico também é significativa.

Por fim, há o autônomo que deseja ter um empreendimento no conforto do lar, e, para esse, nada mais prazeroso do que trabalhar dessa maneira.

Se você também é dos que vão trabalhar em casa, então vai descobrir aqui como montar um home office gastando menos do que o previsto.

GARANTA AQUI UM CELULAR COM MUITA INTERNET

Como montar um home office

É bem fácil imaginar aquilo que é essencial para montar um home office, certo? O ponto de partida é, sempre, ter uma conexão de qualidade. E, por qualidade, estamos nos referindo à internet via fibra ótica.

Como o trabalho remoto e o empreendedorismo digital dependem de acesso à rede mundial de computadores para operar, ter uma conexão estável, com banda de velocidade e longo alcance no Wi-Fi são requisitos indispensáveis.

Nesse sentido, planos TIM Live são excelente indicação, pois contam com fibra ótica, preços variados e bastante velocidade para usuários médios. Em casos extremos, onde o cabeamento não chegue, os modens móveis contam com a maior cobertura 4G do país.

Há uma variante do TIM Live chamada de Ultrafibra, e ela garante uma das melhores conectividades disponíveis no país. Nessa modalidade, é possível contratar até 2GB de velocidade por segundo. Ou seja, muita internet mesmo!

É claro que tudo tem um preço, e esse é o preço da inovação, que leva a fibra ótica até o modem. Geralmente, o cabeamento por fibra só chega até o poste e segue por outro tipo de fio daí. Por isso, a TIM leva a fibra até dentro da casa do cliente, garantindo velocidades há pouco impensáveis.

Uma conectividade auxiliar também é essencial para montar um home office, pois é ela que dá liberdade ao profissional para trabalhar desde onde estiver, no dispositivo móvel. Por exemplo, ao sair de casa, é possível seguir o contato com clientes ou realizar pesquisas para criação de produtos ou serviços.

Assim, contar com smartphones recentes, tablets para mobilidade caseira e uma boa conectividade 4G fazem a diferença para o seu empreendimento. Planos Controle podem ser de grande valia, porém são os planos pós-pagos que garantem o melhor suporte, sobretudo o TIM Black D Plus.

Como montar um home office com economia

Algumas dicas podem te ajudar a economizar na hora de montar um home office, sobretudo porque vários dos objetos necessários para um escritório você já deve ter por casa.

Se não for o caso, algumas das “matérias-primas” do que vamos citar custam bem menos do que materiais de escritório tradicionais.

1. Escrivaninha

Se você não tiver uma mesa dedicada para escritório, vai precisar de uma, certo? As escrivaninhas são a primeira opção empresarial, porém há uma alternativa recente que vem aparecendo constantemente entre ideias inovadoras: a mesa feita com cavaletes. E elas dão um charme todo especial para o espaço.

2. Agenda na parede

Uma das coisas legais em termos de design que vêm surgindo para o mundo é a tinta de quadro negro. Com ela, muitas pessoas têm pintado uma parede ou um quadro (com sua silhueta em moldura mesmo) e usado giz branco para escrever na parede todas as suas anotações.

Uma versão alternativa é o papel contact que transforma a parede em uma lousa branca, tal como os quadros acadêmicos modernos. Nela, a escrita fica por conta de um pincel atômico especial, mais delicada e suave, e o resultado não escurece o ambiente. Algo em torno de R$50 o metro quadrado.

3. Mobília “encostada”

Sabe aquela poltrona ou cadeira que há muito está num canto da casa? Pois, agora ela pode ter sua serventia restabelecida. Como o home office demanda bastante tempo sentado, tal como num escritório, é importante escolher uma que garanta um mínimo de conforto à sua postura.

É claro que as cadeiras de escritório podem fornecer confortos maiores, porém elas também demandam um investimento que muitas vezes não é baixo. Nossa dica, pra um primeiro momento, é: junte dinheiro e compre uma cadeira das boas, quando tiver grana! Cadeiras fraquinhas logo se mostram dinheiro posto fora, pois cansam rapidinho, e acabam elas sendo “encostadas”!

4. Otimize seu espaço

Para quem trabalha em regime de home office, uma das tarefas mais importantes é, sem dúvida, garantir um cômodo da casa somente para o trabalho. Isso, pra que a coisa não se perca nas fronteiras do lazer.

Se você não separar bem as coisas, pode acabar transformando uma área de lazer em escritório, e, consequentemente, você viverá no escritório. Porém, muitas vezes os espaços que “sobram” são menores, então é preciso utilizá-lo bem.

Para montar um home office funcional em espaços reduzidos, nichos serão seus melhores amigos, pois permitem uma verticalização das suas prateleiras. Neles, é possível colocar livros, arquivos, eletrônicos, materiais e o que for necessário.

Nichos mais elaborados permitem, inclusive, utilizá-los como cenário para fotos de produtos, caso seu empreendimento seja do tipo loja virtual (e-commerce).

5. Caixas organizadoras

Você já viu caixas seletoras ou organizadoras? O jeito Marie Kondo de ser é o melhor possível para quem está montando ou vivenciando um home office, e esse tipo de utensílio pode ser um grande aliado para manter as coisas organizadas. Elas são bem fáceis de ser encontradas, e, apesar de custarem um pouquinho mais do que meros plásticos, garantem resultados que costumam agradar a gregos e troianos.

O método japonês pode ser conhecido no Netflix, numa série com apenas 8 episódios chamada Ordem na Casa: A mágica da arrumação, em que a própria Kondo é protagonista. Fica a dica!

Regra de ouro: tenha segurança na sua rede

Sabe uma regra de ouro? Mantenha alguns cuidados com sua rede de internet no home office. Apesar de a dica se aplicar a toda e qualquer rede, naquelas em que “transitam” informações pessoais e de clientes é preciso ter uma camada extra de cuidado.

Se você tiver clientes, provavelmente contará com alguns dados pessoais deles, e, por esses, você passa a ser responsável depois da entrega. Assim, manter um pacote extra de proteção, como o TIM Live Protect, é essencial.

Além da segurança contra invasões durante a navegação, o serviço garante também backups de seus dados e arquivos pessoais. Desse modo, em caso de ataques, violações ou bugs, todo o se conteúdo sensível contará com uma cópia em nuvem, pronta para ser restaurada a qualquer momento.

GARANTA UM HOME OFFICE COM MUITA MOBILIDADE AQUI

Se você gostou do nosso conteúdo, então acompanhe o Blog Mais TIM. Publicamos diariamente, pois você merece Mais!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui