Uma pesquisa que tem aumentado na internet é a de Como saber se meu chip foi clonado? Apesar de os sintomas desse mal indicarem o fato com facilidade, é preciso avaliar a situação com ponderação. Sobretudo, porque alguns procedimentos realizados pelo próprio usuário podem contornar a situação. Porém, em casos graves, a operadora de telefonia móvel é quem deve dar uma solução!

Um fato interessante a ser notado é que a ela também deve se responsabilizar por reembolsar os valores indevidos oriundos das ações dos fraudadores. Ou seja, ela é responsável por garantir alguma segurança na tecnologia que oferece, e se responsabilizar quando não o fizer eficazmente. Mas, é claro, essa garantia não alcança casos de solicitação de transferência bancária, por exemplo. Só os da fatura mesmo!

Como forma de promover ainda maior segurança, alguns dos aplicativos mais utilizados atualmente disponibilizam recursos interessantes de proteção de contas. O maior deles é a verificação em duas etapas, pois torna necessário que se tenha acesso a alguma forma de contato alternativa, tradicionalmente presente no smartphone.

O próprio WhatsApp tem nessa solução uma das principais formas de bloquear “surrupios” das contas de seus usuários. Porém, os mal-intencionados são dedicados, e, apesar disso, ainda é comum ver casos circulando por aí nos quais eventos dessa natureza sejam descritos.

O melhor que você pode fazer é estar atento aos sintomas tanto da sua linha telefônica quando dos seus aplicativos. Isso pois é a partir deles que você pode passar a tomar medidas contra os fraudadores. E, vale dizer, seu CPF está cadastrado à sua linha, o que pode, eventualmente, trazer problemas junto à justiça. Não espere para remediar, já diria a sua avó!

Leia também: Reconhecimento facial é a nova impressão digital

PROCURANDO REDES SOCIAIS LIBERADAS? AQUI NA TIM TEM!

Como um chip é clonado

Um telefone clonado a uma cópia de um telefone original, possuindo o mesmo DNA, por assim dizer. A única diferença é que a responsabilidade por ambos reside no proprietário da linha.

Fraudes desse tipo geralmente se destinam a realizar ligações caras, como para o exterior, ou à aplicação de golpes via aplicativo. Os golpes do WhatsApp são o melhor exemplo.

Em aparelhos com tecnologia GSM, essa prática não é muito comum, ainda que não seja inexistente. A identificação do aparelho nesse caso é realizada pelo IMEI, o que dificulta a prática. Assim, é necessário que o cartão SIM seja copiado, e o obstáculo é grande.

Porém, quando a tecnologia CDMA está empregada, a chance de ocorrência é maior. Esse tipo tem um número de discagem e uma identificação de série usada pela fabricante. Tais informações são capturadas por meio de um scanner de informações móveis, o qual grava as informações que circulam próximo de si.

O fato é que os criminosos, nesse caso, utilizam esse scanner na rua, capturando informações e as utilizando em prol da clonagem. E lugares como rodoviárias, aeroportos ou de grande circulação são os mais visados, assim como para furtos e roubos.

Feitas as devidas divisões, o fato é que, via de regra, ninguém está imune.

Sintomas do chip clonado

Se você buscou pela pergunta Como saber se meu chip foi clonado?, alguma coisa está acontecendo, certo? Veja, então, os sintomas que podem indicar que alguma coisa está errada com a sua linha telefônica:

  • Dificuldade para completar ligações

    Se você está com dificuldades para completar suas chamadas telefônicas, pode ser que a sua vinculação à rede esteja comprometida. Isso acontece pois, como há um chip com o DNA do seu circulando por aí, pode ser que ele esteja usando o seu “registro” na rede.
  • Recebe chamadas de pessoas que alegam ter recebido chamadaEsse sintoma é clássico. Isso, porque fraudadores começam a ligar desenfreadamente para várias pessoas a fim de realizar golpes. Quando as pessoas atendem, não há porque retornar. Porém, quando a chamada é perdida, por tradição ligamos de volta para saber quem é. E, se você não realizou a chamada, pode ser que seu telefone esteja fazendo ligações a partir de outro ponto que não o seu celular.
  • Amigos alegam que outra pessoa atendeu ao telefoneSe algum de seus amigos alegou ter ligado para o seu número e ter sido atendido por outra pessoa, pode ser que, em razão do registro estar ativo na rede, suas chamadas estejam sendo redirecionados para o clone. Quando isso acontece, é bom abrir os olhos.
  • Contas telefônicas com valor incomumAtualmente, planos pós-pagos contam com ligações ilimitadas, o que faz com que somente sejam registradas aquelas realizadas para números com cobrança (como 0300) ou para o exterior. Se você possui uma conta com valor fixo (ou mesmo que não tenha) e de repente percebeu que há chamadas que não realizou, impactando no valor da fatura, tem em mãos um atestado de que seu telefone está duplicado.

WhatsApp clonado

Se você está se perguntando Como saber se meu chip foi clonado? por causa do app, saiba que não podemos confundir chip clonado com WhatsApp clonado, ok? Apesar de serem sistemas distintos, pode ser que haja uma confluência de clonagens em um determinado momento com causas independentes. Porém, porém pode ser que sejam fruto de uma única, a do chip.

Se você notou algumas atividades estranhas no seu mensageiro, como leitura de mensagens ainda não lidas, envio de mensagens não enviadas por você ou ausência de notificações, pode ser que você tenha sido clonado.

Quando a clonagem está relacionada com o chip, pode ser que você receba uma mensagem de que sua conta foi registrada em outro aparelho. E, para isso, é preciso da linha telefônica.

  • WhatsApp Web ou Desktop

A função dessas funcionalidades do mensageiro é unicamente espelhar as informações contidas no seu aplicativo. Por isso, se alguma atividade suspeita foi observada, você pode ir até as Configurações > WhatsApp Web e ver se há algum registro ativo. Nesse caso, você pode facilmente desconectá-la.

  • Conta registrada em outro aparelho

Se você recebeu uma mensagem de que sua conta foi registrada em outro aparelho, aí você tem um problema grande. Nesse caso, é preciso entrar em contato com o WhatsApp para informar sobre o ocorrido.

Geralmente essa opção não é automática, e você pode ficar alguns dias sem conseguir usar o aplicativo até que a situação seja normalizada.

Leia também: Como recuperar mensagens do WhatsApp de maneira fácil

O que fazer

O primeiro passo é você entrar em contato com a sua operadora, segundo a Anatel. Informe a ela que você está tendo problemas, descreva os sintomas e aguarde que alguns testes sejam feitos.

Se você for cliente TIM e estiver tendo esse tipo de problema, pode ligar no 1056, selecionando a opção falar com um atendente. Geralmente, o procedimento é um pouco demorado, pois os procedimentos realizados precisam acessar à rede para a verificação de dados e testar o seu próprio telefone remotamente.

Como se prevenir da clonagem

Para que você possa se prevenir de ter o seu chip ou seus aplicativos clonados, alguns procedimentos de segurança podem te ajudar:

  • Troque seu chip

O chip é como uma carteira de identidade, a partir do qual a vinculação à rede é feita. E, saiba, há muita tecnologia envolvida. Por isso, vá até uma loja da operadora e peça um novo, com a tecnologia de segurança mais recente. Isso pode resolver problemas iniciais antes de que eles se tornem uma dor de cabeça.

  • Ative a verificação em duas etapas

Muitos aplicativos contam com essa opção, sendo necessário receber um SMS no seu celular ou o código via e-mail. Apesar de parecer ser simples, torna muito difícil que suas aplicações sejam clonadas sem que haja acesso à sua linha telefônica ou às suas contas de recuperação.

  • Não utilize redes públicas

Se você quer se prevenir de roubo ou furto de acessos e dados, nunca faça uso, a menos que seja necessário, de redes públicas de internet. Nelas, a interceptação dos seus dados conta com menos barreiras de segurança.

  • Utilize softwares

Os antivírus são uma excelente opção para contra-atacar no momento em que fraudadores tentam capturar seus dados. Porém, quando falamos do chip, somente a tecnologia do seu smartphone e do seu chip podem interceder. Então, atualize seus apetrechos e tenha os mais modernos, pois eles sempre contarão com maior segurança.

Como saber se meu chip foi clonado?

Esteja atento aos sintomas e atualize seus acessos e dispositivos, Assim você nunca mais se fará essa pergunta! Como saber se meu chip foi clonado?

Leia mais: Qual o melhor plano de internet para youtubers? Confira dicas!

GARANTA AQUI A MELHOR OPÇÃO DE INTERNET MÓVEL E FIQUE ONLINE

Se você gostou do nosso conteúdo, então acompanhe o Blog Mais TIM. Publicamos diariamente, pois você merece estar sempre bem informado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui