Recentemente, em julho de 2020, foi anunciada para o Brasil uma nova modalidade de prestação de serviços de internet fixa pela Viasat: a internet via satélite. Nessa modalidade, o principal foco são as regiões mais afastadas dos grandes centros, onde há deficiência na malha de cobertura via cabo ou fibra ótica.

Apesar disso, a empresa explica que o satélite utilizado para tanto abrange 100% do território nacional, utilizando a largura de banda do Telebras SGDC-1. Ainda que não esteja disponível para todo o país nesse primeiro momento, depois de terminada a fase de lançamento, sua base de cobertura será ampliada para todos os estados.

Os planos iniciais eram de 10 Mega ou 20 Mega, porém agora já há um terceiro, o qual alcança 30 Mega. Como em muitos lugares não há cobertura pelas modalidades mais tradicionais, essa pode ser uma solução viável para residentes de zonas rurais, por exemplo. Mas, como tudo na vida, há um preço a ser pago.

Mesmo que os valores iniciais sejam relativamente viáveis, nos primeiros três meses, o restante do contrato tem um valor que pode ser considerado salgado. Além disso, vale observar que a internet via satélite tem a finalidade de suprir lacunas na cobertura mais tradicional, mas esta, tradicionalmente via fibra ótica, será sempre mais vantajosa.

Quer saber mais sobre a internet via satélite, alguns mitos, algumas verdades e o preço dos planos? Então, confira nosso post até o fim!

Este texto leva 4 minutos para ser lido!
Uma boa leitura!

Leia mais: Como escolher a melhor internet banda larga para você?

📲A internet do seu celular acaba rápido?

Venha para a TIM e navegue à vontade!

QUER REDES SOCIAIS LIBERADAS PARA SEU CELULAR? AQUI NA TIM TEM!

Internet via satélite: uma alternativa às deficiências de cobertura da internet fixa tradicional

Estamos tão acostumados a ter internet em nossas residências que esquecemos que, em termos de território nacional, a conexão à rede ainda está em fase de implementação. As tecnologias mudaram, a fibra ótica vem angariando uma malha terrestre cada vez maior, os cabos coaxiais começam a chegar aos lugares mais afastados, mas há cantos onde não há nem uma nem outra tecnologia.

Os satélites já são conhecidos por sua distribuição de alguns dados dos quais fazemos uso diariamente. Entre eles, podemos citar o GPS, a TV por assinatura, e, em alguns casos, o próprio telefone. Porém, sua capacidade de distribuição de conexão à internet ainda corre por fora dos conhecimentos de grande parte do público.

O funcionamento dessa modalidade evidencia um caminho um pouco mais custoso do que o tradicional. Porém, a abrangência de um satélite é relativamente maior e mais facilitada do que é implementação de cabos por sobre a terra. Não fossem tais benefícios, os satélites não seriam o meio de comunicação e monitoramento terrestre oficial dos principais exércitos do mundo.

internet via satélite
Como funciona a internet via satélite. Fonte: Viasat.

Quando o usuário faz uso da internet via satélite, ele manda um comando que passa pelos céus, é remetido para uma estação receptora em solo e, depois, é enviado para o servidor da internet. Na sequência, a resposta a esse comando faz o caminho inverso, chegando ao solicitante por via aérea.

Os serviços de TV por assinatura são conhecidos por utilizarem esse tipo de tecnologia para entregar canais fechados para o cliente. Exemplo disso é a Sky, a qual instala antenas na sua residência para proporcionar a recepção desse sinal. Na internet, acontece o mesmo, mas os dados transferidos são os de navegação na web.

Mitos e verdades sobre a internet via satélite

Há muitos mitos e muitas verdades sobre a internet via satélite rolando por aí. O fato é que, algumas delas, fazem jus à boca do povo, e agora você vai conhecer todas elas.

  • A internet via satélite é ultrapassada ou lenta

Sim, ambos os adjetivos são acertados! Isso acontece pois, apesar dessa tecnologia ter se desenvolvido muito nos últimos tempos, não é possível esperar que, pelo menos quando falamos de usuários comuns, a tecnologia seja a mesma que alimenta um navio Destroyer da Marinha Americana. E, quando comparada à internet via fibra, ela apresenta grandes desvantagens.

A primeira delas é relacionada com a velocidade. A TIM Live Ultrafibra, por exemplo, uma referência no segmento de internet banda larga, alcança 400 Mega no seu melhor plano residencial. Quando o assunto são as empresas, é possível alcançar 2 Giga de velocidade.

Porém, no caso da internet via satélite, o máximo com que se pode contar atualmente são 30 Mega.

  • A internet via satélite não funciona em dias de chuva

Essa não chega a ser uma verdade absoluta, mas tem lá seu fundo de verdade. Isso porque a internet via satélite até pode funcionar em dias de chuva, mas ela tem, sim, grandes chances de sofrer interferências por conta de alterações climáticas. E, salvo melhor juízo, quem utiliza de TVs por assinatura via satélite está acostumado com o perrengue.

O que acontece é que as moléculas de água têm a mesma largura das ondas em banda Ka, utilizadas por essa tecnologia. Por isso, quando há maior concentração delas no céu, a transmissão de dados, direcionada para o alto, pode ter seu fluxo interrompido.

  • Essa tecnologia é para zonas rurais

Sim, pode-se dizer que, de fato, a internet via satélite serve para contornar uma deficiência na prestação de serviços em localidades deficientes de cabeamento. Como a internet via cabo coaxial ou de fibra ótica promovem performances muito mais velozes e estáveis, ela deve ser a primeira opção do consumidor.

  • Internet via satélite é cara

Sim, muito mais do que o normal! Só para se ter uma ideia, o plano de 30 Mega da Viasat, a partir do 4º mês, está saindo por nada menos do que R$ 619 mensais. Num comparativo direto, aqui na TIM você pode contratar 400 Mega pelo preço de 200 Mega, pagando R$ 127,50 mensais. Ou seja, uma economia e tanto.

  • Existe internet via satélite do governo

Sim, de fato o governo federal, com o intuito de promover inserção ao mundo digital, conta com um programa bem legal chamado GESAC.

Esse programa oferece, gratuitamente, conexão à internet em banda larga – por via terrestre e satélite – a Telecentros, Escolas, Unidades de Saúde, Aldeias indígenas, postos de fronteira e Quilombos. O programa é direcionado, prioritariamente, para comunidades em estado de vulnerabilidade social.

Vale a pena contratar?

De maneira geral, só vale a pena contratar internet via satélite se na sua localidade não houver internet fornecida via cabo ou fibra ótica. Isso, pois o custo é mais elevado e a velocidade de navegação é notoriamente menor.

❌Chega de ficar sem internet!

Na TIM, você navega à vontade e dispõe de uma série de benefícios exclusivos.

Dito isso, ela vale a pena quando esse for o caso sobretudo em razão da democratização tecnológica. Com ela, é possível levar internet a lugares afastados e promover inclusão digital para quem ainda não participa das evoluções do mundo moderno!

Quer comparar com internet de fibra ótica?

Só pra que você tenha uma ideia, dê uma olhada nos planos disponíveis atualmente no portfólio da TIM com Ultrafibra, tecnologia que leva a fibra ótica até dentro da sua casa:

  • 60 Mega internet banda larga
  • 60 Mega de download
  • 30 Mega de upload
  • De R$ 115 por R$ 92 mensais no débito automático
    • Taxa de habilitação: 12x de R$ 7
  • 300 Mega pelo preço de 150
  • 300 Mega de download
  • 150 Mega de upload
  • R$ 125 mensais no débito automático
    • Taxa de habilitação: 12x de R$ 15
  • 400 Mega pelo preço de 200 internet banda larga
  • 400 Mega de download
  • 200 Mega de upload
  • De R$ 150 por R$ 127,50 mensais no débito automático
    • Taxa de habilitação: 12x de R$15

Se você se interessou e deseja contar com uma internet banda larga realmente poderosa, então faça a sua contratação neste link! É rápido e fácil.

Leia mais: Usar o WhatsApp para vender é solução para pequenos comerciantes

GARANTA AQUI SUA MELHOR OPÇÃO DE INTERNET MÓVEL

Se você gostou do nosso conteúdo, então acompanhe o Blog Mais TIM. Publicamos diariamente, pois você merece estar sempre bem informado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui