O ano de 2019 foi marcante para os aparelhos celulares. Entre os diversos avanços, poderíamos citar as incríveis resoluções dos conjuntos fotográficos, os inovadores entalhes em furo para sua lente dianteira ou a apresentação de modelos com a revolucionária tecnologia 5G. Porém, os modelos com tela dobrável foram, seguramente, a cereja do bolo. E o mais icônico deles, o Motorola razr, já está disponível para clientes da TIM.

Se você curte contar com os modelos mais recentes e inovadores da telefonia móvel no bolso, saiba que o razr foi um dos modelos mais comentados e impactantes em um ano recheado de estrelas dobráveis. Provavelmente isso esteja relacionado à iconicidade que seu antecessor, o Motorola V3, atingiu à época de lançamento.

Fino, elegante e com linhas sóbrias, o V3 em 2004 era sinônimo de sofisticação. Aparentemente, o modelo razr anunciado em 2019, e que chega às prateleiras em 2020, herdou um pouco desse prestígio todo. Ou só é muito estiloso, tal qual seu predecessor.

Prova disso é que a fabricante afirmou ter vendido todas as unidades do modelo no Brasil. Apesar de não ser divulgado um número oficial, não devem ter sido poucos. E seus compradores não economizaram, pois ele tem preço sugerido de R$8.999.

Se você for cliente da TIM e estiver pensando em trocar de celular, quem sabe não escolhe o mais novo smartphone da Motorola?

GARANTA SEU NOVO PLANO DE INTERNET AQUI

Motorola razr

É difícil dizer qual modelo dobrável foi a cereja do bolo em 2019! Porém, o Motorola razr com certeza é um dos que mais chama a atenção.

smartphone moto razr vai ser lançado em 2020 novos modelos de celular

Se em terra de cego quem tem olho é rei, em terra de dobradiças verticais quem tem flip na horizontal também o é! E é esse um dos pontos fortes do modelo em relação a seus concorrentes indiretos: Samsung Galaxy Fold, Huawei Mate X, Escobar Fold 1.

Concorrentes indiretos porque, apesar de todos serem dobráveis, sabidamente suas propostas os colocam em segmentos diferentes de mercado. Os smartphones que contam com a dobradiça na vertical dobram de tamanho. Assim, chegam a ser tablets quando abertos. A proposta do Motorola razr não é exatamente essa.

Quando o celular está aberto, conta com 6.2 polegadas de display. Ou seja, ao dobrar de tamanho físico, se torna um telefone normal. Porém, com a facilidade de ter metade desse tamanho para ser carregado na rua.

Tanto essa diferença é verdade que a Samsung deu conta de preparar um concorrente para ele, com a dobra em flip. O Galaxy Z ainda está em fase de preparação, porém ratifica a ideia de haver dois nichos diferentes entre os dobráveis.

Moto razr pode ser visto como premium

Ninguém duvidaria de que o Motorola razr se enquadraria na faixa dos smartphones premium, certo? Com todo o seu charme e toda a sua nostalgia, porém, em termos de especificações técnicas ele deixa um pouquinho a desejar.

motorola razr aberto

Isso, pois trata-se de um relançamento de alto estilo, de um ícone, mas ele não tratou de competir com os telefones mais avançados do mercado. Ainda assim, vale ressaltar que esse avanço recente foi muito rápido e ensurdecedor, sobretudo nos últimos dois anos. Nesse contexto, o razr ainda bateria muitos dos aparelhos disponíveis do mercado brasileiro, mas não ficaria à altura dos melhores premium atuais.

A lógica, então, é a de que é preciso abrir mão de algumas especificações para poder contar com outras, mantendo o resultado dentro de uma predeterminada faixa de mercado. Nesse caso, tem-se o telefone mais estiloso do momento, mas ele não será o mais rápido nem terá as melhores câmeras.

Especificações técnicas do Moto razr

O Motorola razr, além de muito funcional, conta com um estilo bem acima da média. Ademais, suas especificações técnicas não deixam a desejar para usuários medianos, normais.

As câmeras do modelo são capazes de entregar boas fotos, porém não há nada de excepcional em jogo. Na traseira, uma lente única com 16MP foi o que projetou a fabricante. Para selfies, a lente ficou limitada a 5MP. Porém, não se engane com números. Os vídeos, por exemplo, alcançam os 4K, em Ultra HD com 30 frames por segundo.

Sua conectividade chega com o sistema USB-C inclusive nos fones, o que é bem legal. O bluetooth já é da versão 5.0, então transferências e conexões terão amplo suporte tecnológico.

acessórios do motorola razr

bateria do Motorola razr é um ponto que parece resultar prejudicado, provavelmente pela disposição do espaço no modelo. Como há mais tela, reduziu-se o tamanho dela. Porém, recarregá-la é uma tarefa simples com seu carregador TurboPower.

motorola razr de frente

O flip tem seu ponto alto: trata-se do único modelo com “zero gap” entre os dobráveis. Ou seja, quando ele fecha, não ficam aberturas externas. Bem a la V3. E, fechado, tem a tela interativa “Quick View”, para visualização de informações importantes e antecipadas.

Sobre o desempenho do aparelho, ele é potente, mas poderia ser mais. Ainda assim, o usuário conta com especificações que passam longe de deixar alguém deixam na mão! A não ser que você pretenda um smartphone gamer, o que é outra história.

Com 6GB de memória RAM e 128GB para armazenamento, é possível cumprir praticamente qualquer tarefa com agilidade.

Uma crítica que o modelo recebeu, porém, é relacionada ao seu processador, o Snapdragon 710, de 2018. Mesmo que ele seja bom, a Motorola poderia tê-lo equipado com algo mais recente.

Adicionais do razr

Como a maioria do aparelhos já vem equipada com sensores bastante parecidos, aqui valem nota outros dois pontos do Motorola razr.

Primeiro, que o sensor de digitais está pra fora, e, segundo andam dizendo, no Motorola razr 2, a ser anunciado em 2020, pode haver uma mudança. Seguindo o movimento recente de leitores embaixo da tela, parece que a fabricante projeta essa tendência para a reformulação do modelo.

Depois, é preciso estar um pouco atento com o cartão SIM necessário. Se você acha que, comprando o Motorola razr, é só tirar seu chip e transferi-lo, está enganado. Isso, pois o smartphone conta com a tecnologia eSIM, uma espécie de cartão digital que é ativado no celular com um leitor de QR Code. Você pode saber mais como sobre funciona aqui.

Como planos pós-pagos são os únicos até o momento que contam com a funcionalidade, você precisa escolher um plano adequado. Pois, então, o TIM Black é a melhor alternativa.

Como adquirir o Motorola razr na TIM

Lançado na TIM em regime de pré-venda, o Motorola razr ainda não está disponível para todo mundo. Os beneficiados, portanto, são somente os clientes dos planos TIM Black.

Veja só, além de todos seus benefícios, como Gigas para aplicativos de vídeo, roaming internacional e redes sociais liberadas, ainda é nele que se pode conseguir o razr. Nada mal, hein, Black!

Voltando ao que interessa, o preço sugerido pela fabricante é de R$8.999. Porém, em qualquer pacote Black ele sai por, no máximo, R$8.749. Ou seja, adquirindo um plano da TIM, você já economiza no aparelho.

Em planos mais avantajados, contudo, esse valor pode alcançar R$6.299. Ou seja, você pode economizar até R$2.700 somente por contratar uma linha pós-paga. Se o fizer usando a portabilidade TIM, ainda contará com benefícios exclusivos de internet.

Confira, então, a lista detalhada de preços dos pacotes e do aparelho em cada um deles:

Planos Preço do aparelho Preço do plano*
TIM Black Individual 16GB R$ 8.749,00 R$ 119,99
TIM Black Individual 20GB R$ 7.999,00 R$ 139,99
TIM Black Família 30GB R$ 7.999,00 R$ 199,99
TIM Black Família 60GB R$ 7.899,00 R$ 269,99
TIM Black Família 100GB R$ 6.499,00 R$ 319,99
TIM Black Família 180GB R$ 6.299,00 R$ 499,99

E aí, acha que o Motorola razr é pra você? Então, vem pra TIM!

ENCONTRE AQUI O PLANO IDEAL PRA VOCÊ

Se você gostou do nosso conteúdo, acompanhe o Blog Mais TIM! Publicamos diariamente pois você merece estar sempre bem-informado! Já está na hora de você ser Mais!

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui