A era digital vem promovendo uma migração cada vez maior de serviços prestados fisicamente em direção a plataformas online. Nesse sentido, há exemplos que se tornam mais difundidos a cada dia, tal como os ambientes virtuais para estudos, o home office profissional e a telemedicina. Outro que vem ganhando destaque são os serviços bancários. Mas, você sabe exatamente o que é Internet Banking?

Essa modalidade de prestação de serviços bancários vem se tornando cada vez mais difundida, permitindo ao correntista que realize transações longe dos bancos físicos ou dos caixas eletrônicos. Trata-se, em suma, de uma forma de acessar informações da instituição financeira pelo computador. E, em tempos de pandemia do coronavírus, por exemplo, seu papel é fundamental para garantir distanciamento ou isolamento social.

Existe uma diferença, porém, em relação ao uso de aplicativos dedicados para essa função. Ainda que as facilidades entre as duas modalidades sejam as mesmas, os apps bancários não são exatamente uma forma de Internet Banking, mas, sim, uma forma de Mobile Banking. Ademais, o gênero também se diferencia das instituições financeiras operadas integralmente via aplicativo, as chamadas fintechs.

Se você tem interesse em saber mais sobre o assunto e quer descobrir como fazer uso dessa facilidade através do seu computador, então veio ao lugar certo. Porque vamos explicar todos os pormenores abaixo.

Este texto leva 4 minutos para ser lido!
Uma boa leitura!

Leia mais: Como escolher a melhor internet banda larga para você?

QUER REDES SOCIAIS LIBERADAS PARA SEU CELULAR? AQUI NA TIM TEM!

O que é Internet Banking?

Quando perguntamos o que é Internet Banking, até parece que a resposta vai ser muito complexa. Mas, ela não é. Trata-se basicamente de uma área para acesso pessoal que o site da sua instituição financeira ou bancária reserva a seus clientes. Através dela é possível acessar informações da conta corrente, da poupança ou de outros produtos e serviços contratados junto ao banco.

Como exemplo do que pode ser feito por lá temos a verificação de saldo, a realização de transferências, a efetuação de pagamentos, a utilização da recente implementação chamada PIX, além de outras transações que poderiam ser feitas na agência.

Vantagens do Internet Banking

  • Desnecessidade de se locomover a uma agência

Ainda que as primeiras vantagens sejam percebidas de pronto, vale ressaltar o avanço que essa modalidade de atuação representa sobretudo para quem ainda está em processo de inclusão digital. Por meio dela é possível se libertar de espaços físicos bancários tanto quanto do atendimento presencial para conversar com seu gerente. Pois, sim, muitas instituições ofertam chats para que se possa conversar com um atendente pela própria plataforma.

  • Controle de finanças pessoais

Outra vantagem imediata é o controle de finanças pessoais que o Internet Banking promove. Isso, pois é possível acompanhar a distância todas as movimentações financeiras realizadas e tudo que está previsto em termos de agendamento. Um exemplo imediato disso é ter acesso ao extrato bancário sempre que desejar, e, claro, sem ter que pagar nada por isso.

  • Inclusão digital no sistema bancário

Para fazer o uso do Internet Banking, basta que o cliente possua um computador e, em alguns casos, os mecanismos necessários para promover os protocolos de segurança da instituição. Contudo, em tempos de inclusão digital, esse pode ser também um passo a mais para que pessoas que não fazem uso das facilidades do mundo moderno possam se acostumar às facilidades que ele oferece.

Como usar o Internet Banking

Inicialmente é preciso que você faça o seu cadastro no site da instituição e insira suas informações credenciais para verificação de identidade. Apesar de alguns bancos permitirem que o cliente crie uma senha especial, a qual funciona somente para acesso ao site (não é a senha para realizar transações), na hora mesmo, tudo pela internet, esse não é o procedimento mais comum.

Geralmente é preciso que o cliente compareça à agência da instituição ou ao caixa eletrônico (inclusive da Bandeira 24 Horas). Nele, há procedimentos especiais para que a senha de acesso ao site seja confirmada.

Algumas instituições promovem alguns protocolos de segurança mais especializados. Entre eles, é possível receber um aparelho que deve ser ligado ao computador parecido como uma maquininha de cartão de crédito. Nele, o cliente deve inserir o seu cartão do banco toda vez que for realizar uma transação.

Preocupações desse tipo de acesso

Uma das principais preocupações bancárias quando o assunto é Internet Banking são os acessos a páginas falsas. Nesse sentido, falsários não se cansam de criar páginas idênticas às oficiais das instituições financeiras para que o cliente insira seus dados pessoais de acesso.

Além disso, também é preciso tomar cuidado com onde você passa a se logar a seu banco. Nesse sentido, redes públicas, computadores compartilhados e máquinas sem antivírus passam a se tornar potenciais alvos dos ataques de ataques digitais.

A fim de minimizar problemas dessa natureza, é comum que somente computadores autorizados na própria agência ou no caixa eletrônico sejam permitidos para acesso. Trata-se de uma forma de o banco prevenir os problemas que podem sobrevir a seus correntistas.

E, claro, contar com pacotes de segurança e antivírus são as melhores maneiras de você se precaver contra esse tipo de fraude. Assim, pode navegar tranquilo e desfrutar de todas as facilidades que um banco “digital” promove.

Internet Banking X Mobile Banking

Aqui, cabe fazer uma distinção sobre as duas modalidades de atuação bancária. O Internet Banking você já sabe o que é, e o Mobile Banking é muito parecido. Trata-se, simplesmente, do exercício de serviços bancários por meio de aplicativos dedicados. Esses são a versão móvel da versão para computadores, oferecendo basicamente os mesmos serviços.

Internet Banking X Bancos Digitais

A diferenciação para os bancos digitais é imensa. Isso, pois nestes o cliente pode abrir e fechar sua conta bancária exclusivamente pelo aplicativo. Como as fintechs não operam com espaços físicos, todos os procedimentos devem ser realizados vi aplicativo. Ou seja, os bancos digitais, as contas digitais, as carteiras virtuais, todos caem no mesmo bojo, sendo nativos do universo virtual.

Uma vantagem direta dos bancos digitais é, de fato, a inclusão ao sistema bancário nacional. Isso, pois, pasme, ainda há 53 milhões de pessoas que guardam seu dinheiro no colchão. As fintechs, então, surgem como uma alternativa possível para quem deseja ter um banco sem sair de casa. E, para colocar dinheiro na conta, basta pagar um boleto como qualquer outro.

O melhor exemplo desse tipo de banco é o C6 Bank, parceiro da TIM. Com ele o cliente pode ter Gigas de internet na sua franquia de celular, chip gratuito para passar em pedágios sem parar e, ainda, contar com um cartão de crédito e débito que pode ser gerenciado pelo aplicativo do banco. Quer conferir mais? Clique neste link.

Leia mais: Usar o WhatsApp para vender é solução para pequenos comerciantes

GARANTA AQUI SUA MELHOR OPÇÃO DE INTERNET MÓVEL

Se você gostou do nosso conteúdo, então acompanhe o Blog Mais TIM. Publicamos diariamente, pois você merece estar sempre bem informado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui