As lives chegaram para tomar conta das transmissões tanto de artistas e famosos quanto de pessoas que se destacam em seus nichos de atuação. Desde o começo da pandemia de coronavírus, houve um impulso de democratização de e migração para a internet em tudo o que fosse relevante. Nesse contexto que as performances ao vivo ganharam seu espaço no meio digital. Mas, você sabe exatamente o que quer dizer live?

O termo é oriundo do inglês, live broadcasting, o qual sinalizava as transmissões ao vivo ainda na era da televisão. Como a maioria da programação era gravada, aqueles que se realizavam em tempo real ganhavam destaque e atraíam sua parcela de interessados. O meio de difusão até pode ter mudado, visto que, agora, em vez de ondas de rádio (a radiodifusão), são dados na internet. Porém, seu público atravessou gerações.

É verdade que as lives já andavam presentes no cotidiano, sobretudo para os jovens, gamers e youtubers, mas seu espectro foi amplamente alargado recentemente por conta do isolamento social.

A fim de seguir os protocolos sanitários e o distanciamento social, artistas e influenciadores precisaram se adaptar às mudanças. Assim, o grande destaque desse tipo de distribuição de conteúdo fica por conta dos shows realizados a distância. E, pasme, o público pôde inclusive se fazer ainda mais presente na plateia.

Já imaginou um show com 3,31 milhões de espectadores? Pois esse foi o público de Marília Mendonça nas redes. Jorge e Mateus tiveram nada menos do que 3,24 milhões de audiência, e Gustavo Lima, 2,77 milhões. Além disso, o caneco vai para o Brasil nesse segmento, o qual tem 8 das 10 lives mais assistidas no mundo! E o artilheiro desse time é a sofrência, pois o que motiva esse destaque são os sertanejos de plantão!

Este texto leva 4 minutos para ser lido!
Uma boa leitura!

📲A internet do seu celular acaba rápido?

Venha para a TIM e navegue à vontade!

Leia mais: Planos robustos permitem assistir às lives do momento com tranquilidade!

QUER REDES SOCIAIS LIBERADAS PARA SEU CELULAR? AQUI NA TIM TEM!

O que é live?

A live é a transmissão de algum conteúdo ou programa de maneira “ao vivo”, só que pela internet. Além disso, tradicionalmente há um espaço para que você se manifeste durante sua ocorrência, tal como o chat, no qual a audiência pode interagir entre si e com o próprio difusor, quando houver disponibilidade. Durante um megashow, isso é pouco provável de acontecer, mas há muitos outros tipo de live acontecendo por aí.

Um dos grandes impulsionadores desse movimento são os gamers. Caso você não seja um e esteja por fora do assunto, é muito comum que jogadores transmitam ao vivo suas longas rodadas de jogatina a fim de ensinar outros macetes, truques, cenários, e tudo mais que seja possível. Ou só humilhar mesmo! E, claro, o mundo dos games tem se tornado um dos mais rentáveis quando o assunto são as plataformas digitais.

A partir do forçoso isolamento social, muitas outras atividades precisaram se adaptar às restrições de aglomeração. Por isso, práticas comuns também ganharam seu espaço no segmento. Sabe aquela aula de ioga, de artes marciais, de spinning, de exercício aeróbico, ou qualquer outra coisa do gênero, quando realizada ao vivo? Todas elas são exemplos perfeitos de o que é uma live!

Há quem diga que o jogo da final da Taça Rio entre Flamengo e Fluminense também se encaixa neste texto. Para esses, a transmissão via YouTube é a recordista, com 3,51 milhões de espectadores.

Onde acontecem as lives?

As lives têm diversos espaços para ocorrência, sendo que a principal rede social brasileira, o YouTube, desponta como a principal, pelo menos quando o assunto é generalizado. É por lá que os principais artistas e famosos promovem suas aparições para o público, e sua confiabilidade na transmissão a faz cada vez mais imponente.

Além disso, como o YouTube se mostra cada vez mais um centralizador de canais que promovam conteúdo em vídeo, é por lá também que os influenciadores digitais gostam de aparecer. Como fazer uma transmissão ao vivo é só mais uma prática para quem está nesse mundo, atrair seu público, inclusive os novos, para o canal tem suas vantagens imediatas em relação a angariar seguidores.

Ainda assim, há nichos que atuam em outras bandeiras, e o mundo gamer, apesar de também figurar por lá, ganha destaque mesmo no Twitch. Se grande atrativo é que as transmissões podem durar até 48 horas por lá, e a marca se trata da principal referência quando, além disso, falamos de suporte aos jogadores.

Além dessas, as redes sociais também começaram a disponibilizar esse suporte a seus usuários. Twitter, Facebook e Instagram estão na lista, mas não são as únicas. E, vale observar, o que varia entre elas é o tempo de duração, variando inclusive se a fonte for o computador ou o celular.

Quanto tempo pode ter uma live?

PC Smartphone
Youtube 12h (transmitir agora) 8h (eventos) Mínimo de 1000 inscritos;
durações iguais ao PC
Facebook 8h 4h
Instagram Programas paralelos 1h
Twitter 6h 6h
Twitch 48h 48h

Como fazer uma live?

Se você deseja promover algum tipo de engajamento do seu público, então agora que você já sabe o que é uma live está na hora de criar seu próprio conteúdo e atuar nesse segmento. E, para quem deseja promover sua imagem ou marca, o resultado pode ser bastante positivo, caso seja feita da maneira correta.

Só pra que você tenha uma ideia, o tempo de visualização de conteúdos ao vivo no YouTube é 4 vezes maior do que conteúdos em streaming (aqueles que você acessa a qualquer momento). Por isso, se seu público te acompanhar por lá, é bem possível que você tenha chances reais de ter mais do que somente visualizações.

Além de o custo ser baixo, você gera leads qualificados (contatos), promove engajamento, divulga sua marca e gera confiança. E, sabidamente, os ares de autoridade na internet são ainda mais impactantes para o público em geral do que o diploma na parede.

Porém, para que você se saia bem, é bom seguir algumas dicas à risca, sob pena de ficar embananado na hora H.

1. Planeje seu conteúdo

Pior do que um orador ruim, somente um orador que perde o fio da meada ou não dá conta de responder adequadamente quando questionado. Por isso, prepare-se tal como se fosse a um evento importante, pois é isso por que as pessoas estarão esperando.

2. Ensaie a sua live

Quer aparecer bem na fita? Então, é bom eliminar aqueles huns hãs do seu discurso e ter um roteirinho bem preparado. Além de criar a aparência de naturalidade, ensaiá-la pode fazer você cumprir o tempo proposto para a transmissão, o que é essencial para algumas pessoas.

❌Chega de ficar sem internet!

Na TIM, você navega à vontade e dispõe de uma série de benefícios exclusivos.

3. Revise seus equipamentos

Para nada dar errado, é bom “passar o som” antes do show!

4. Cenário e iluminação

Ao passar o som, confira se o seu cenário e sua iluminação estão adequados. Na internet, cada vez mais há profissionais presentes, e que realmente se dedicam a esse momento. Então, não vale a pena desperdiçar nenhuma oportunidade por conta de detalhes e deixar seu público procurar por outra referência.

5. Divulgue sua live

Quem é visto é lembrado, e, quando o assunto são as lives, uma das formas mais importantes de promover engajamento é divulgar. Quer um exemplo? Quantas vezes você disse esqueci que ia ter aquele evento simplesmente porque a divulgação foi uma pílula, rapidinha? Divulgação é tudo nesse meio!

Leia mais: Melhores produtos para vender na internet: 7 formas de ganhar dinheiro

GARANTA AQUI SUA MELHOR OPÇÃO DE INTERNET MÓVEL

Se você gostou do nosso conteúdo, então acompanhe o Blog Mais TIM. Publicamos diariamente, pois você merece estar sempre bem informado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui