O serviço Google Play Filmes é uma plataforma com conteúdo sob demanda para quem deseja comprar ou alugar filmes e assisti-los via aplicativo. Nele a mecânica de funcionamento é bastante similar àquela já consolidada pela principais plataformas de streaming de vídeo, como o Youtube, por exemplo. Assim, é possível consumir conteúdo online ou fazer o download para audiência offline.

A principal diferença, entretanto, reside no fato de não haver conteúdo gratuito. Ou seja, qualquer que seja a sua escolha ela precisará ser paga. E são dois os pilares básicos de funcionamento: você pode alugar um filme por período determinado ou comprá-lo e tê-lo à disposição indeterminadamente na sua biblioteca.

Os títulos disponibilizados por lá podem contar com valores econômicos, a partir de R$ 3,90, mesmo para filmes em cartaz recentemente. Os mais badalados, porém, podem alcançar valores mais elevados: entre R$ 16,90 e R$ 19,90. Ainda assim, o investimento é menor do que o de um ingresso de cinema, e o conforto do lar é sempre atraente.

Vale notar que a experiência pode ser bastante agradável no aplicativo, pois o Play Filmes oferece inclusive títulos em 4K. Essa é a resolução mais normal para o cinema, chamada de Ultra HD. É claro que para que tudo saia da melhor maneira possível também dependerá também do seu aparelho de reprodução.

Dito isso, o serviço está aí como uma plataforma de streaming interessante para quem gosta de assistir filmes em casa. Além disso, trata-se de uma boa opção para quem quer consumir conteúdo pontualmente, tornando desnecessária a manutenção de uma assinatura fixa mensal, o caso mais tradicional em serviços de streaming.

Acompanhe mais informações neste post!

CONFIRA OS MELHORES PLANOS DA TIM COM OFERTAS PERFEITAS 

Leia mais: TIM Netflix: saiba como assistir Netflix com o plano da TIM

Como usar o Google Play Filmes

O serviço do Google Play Filmes funciona normalmente tal como outro aplicativo qualquer. Assim, a primeira coisa que você deve fazer encontrá-lo na loja de aplicativos do seu sistema operacional. Ele está disponibilizado tanto para o Android quanto para o iOS.

Como funciona o pagamento na plataforma

Há diversas maneiras de você realizar o pagamento dos filmes aos quais deseja assistir. Entre as principais, podemos destacar:

  • Cartão de crédito;
  • Mercado Pago: Você pode adicionar a sua conta do MP tal como o faz em outros serviços da Google Play Store;
  • Vale-presente: Você sabe aqueles cartões com o selo do Google que ficam expostos em lojas, hipermercados outros parceiros? Pois eles são justamente para quem quer presentear uma pessoa com valores desse tipo ou somente consumir conteúdo sem a necessidade de inserir um cartão de crédito.

Posso assistir no Play Filmes de graça?

Teoricamente, todos os serviços disponibilizados pela plataforma são pagos. Porém, há uma alternativa para quem deseja consumir o seu conteúdo audiovisual sem pagar nada por ele: trata-se do Google Opinion Rewards.

Nele, o usuário é recompensado por responder a questionários disponibilizados pela gigante de buscas. Assim, quanto mais questionários são respondidos, maior a recompensa que a empresa vai entregar, e em dólares. Contudo, esse valor só pode ser usado para consumo de bens e serviços do próprio Google.

O mais legal é que você não precisa necessariamente responder sobre filmes. O sistema de geolocalização do aplicativo faz com que você seja identificado como próximo de lojas identificadas pela empresa. Portanto, você será convidado a participar das avaliações de lugares por onde passar.

Se você se interessou por esse sistema, então basta baixar o aplicativo e começar a responder.

Burburinhos falam sobre o serviço se tornar gratuito

Apesar de ser especulação, vale anotar que o Google Play Filmes pode estar a caminho de flexibilizar o seu modelo de negócios. Assim, aquilo que é disponibilizado para compra e aluguel pode estar próximo da desoneração para usuário. Em contrapartida, o formato de publicidade obrigatória seria a novidade (não tão novidade assim quando levamos em consideração os serviços da empresa).

O burburinho não foi confirmado nem rechaçado pela companhia, e surgiu de uma análise detalhada feita por desenvolvedores do site XDA Developers. Nela foi identificada a frase “hundreds of movies, just a few ads” no meio do código-fonte da aplicação. Essa seria a primeira medida que evidencia que o modelo popularizado no YouTube estaria prestes a se expandir pelos serviços da empresa.

Como o Google não se manifestou, não se sabe se a implementação seria definitiva ou em caráter Beta, de testes. Ainda assim, é tido como de conhecimento público que o modelo em questão agrada muito à empresa. Isso, pois uma grande parcela da sua receita vem justamente desse tipo de publicidade, realizada online: são mais de US$130 bilhões. Ou seja, um modelo de sucesso a ser replicado.

Leia também: Conheça os melhores planos de internet residencial da TIM

Só posso assistir pelo celular?

O Google Play Filmes é um aplicativo como qualquer outro, então você pode fazer o uso dele de todas as maneiras que já são conhecidas do público. Nesse sentido, suponhamos que você queira disponibilizar um filme para sua família inteira. Se for esse o caso, basta que você coloque o aplicativo na televisão e desfrute, e, para fazer isso, há alguns procedimentos bem simples.

Primeiro, você pode fazer uso do Google Chromecast, conectando sua televisão diretamente ao seu celular sem a utilização de fios. Depois, você pode fazer o uso de adaptadores para realizar a conexão via cabo HDMI.

Por fim, e como melhor alternativa, as Smart TVs possuem acesso à loja de aplicativos do Google. Assim, você pode instalar o aplicativo na própria televisão e acessá-lo tal como faz em seu smartphone.

Google Play Filmes travando

Recentemente alguns usuários da plataforma reclamaram da constância com que os bugs andavam se manifestando. Tradicionalmente, os problemas duram pouco tempo, e a empresa resolve-os com rapidez.

Ainda assim, vale notar que a última atualização do serviço foi realizada em julho de 2020, e já estamos passando por setembro do mesmo ano. Por isso, vale a pena você antecipar as melhores maneiras de resolver a situação:

  • Antes de mais nada, atualize o aplicativo para sua última versão disponibilizada;
  • Reinicie o seu smartphone ou tablet;
  • Em último caso, desinstale a aplicação e reinstale-a novamente.

Leia mais: TIM Netflix: sabia que usuários da TIM ganham assinatura gratuita?

CONHEÇA AQUI OS MELHORES PLANOS DA TIM E SEJA MAIS

Se você gostou do nosso conteúdo, então acompanhe o Blog Mais TIM. Publicamos diariamente, pois você merece Mais!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui