Tentou várias vezes inserir o PIN e o celular passou a pedir o número PUK? Não tem motivo para desespero! Saiba se o seu PUK está bloqueado e como desbloquear. Te explicamos o que são esses códigos, pra que eles servem, e como desbloquear o seu chip nesses casos!

Tanto o PIN quanto o PUK são códigos que servem para a segurança do seu chip. É uma forma de a operadora atestar que é você mesmo que está o utilizando, evitando clonagens e fraudes. Enquanto o PIN é o código primário, o PUK é um código exigido no caso de bloqueio do PIN por número de tentativas.

Para ficar mais claro, continue lendo e entenda passo a passo como desbloquear PUK quando ele for pedido!

Leia também: Descubra como cadastrar o chip da Tim no seu aparelho!

O que é o PIN e o PUK?

O PIN e o PUK são códigos presentes nos chips de todas as operadoras, e funcionam como uma segunda e terceira senha para fortalecer a segurança. O PIN também é um código que identifica cada um deles. Mas se o usuário errar esse código por diversas vezes, o chip pode exigir uma segunda senha, chamada de PUK.

O PUK só será utilizado nesses casos, onde ocorre o bloqueio por excesso de tentativas. Geralmente, ele é exigido após o usuário digitar o PIN errado por três vezes. O chip então é bloqueado, e o desbloqueio só acontece quando o código PUK for inserido.

Porém, é importante saber que o excesso de tentativas também pode bloquear o PUK. Isso acontece eventualmente após 10 tentativas erradas. Se você chegou a inserir esse código errado nas 10 tentativas, o chip é bloqueado definitivamente e você precisará de um novo chip para poder usar o número antigo.

Se o seu PUK está bloqueado, veja como desbloquear!

Como saber o meu código PIN?

Para evitar que você venha a necessitar do código PUK, é importante saber encontrar o seu código PIN. Geralmente, ele vem impresso na embalagem do próprio cartão SIM. O mais comum é que sejam quatro números e eles podem ser exigidos no momento do primeiro desbloqueio.

Mas, se você se desfez da embalagem e não consegue mais encontrar o PIN do seu chip, não se desespere! Existem outras formas de descobrir qual o seu código PIN. Uma delas é usar os códigos padrão das operadoras de celular.

Isso mesmo! Cada operadora tem um número padrão de PIN para te ajudar a desbloquear. Confira os PINs padrões das principais operadoras:

  • Tim: 1010;
  • Vivo: 8486;
  • Claro: 3636;
  • Oi: 8888.

Se nenhum deles funcionar, você pode tentar ligar na central de atendimento da sua operadora para solicitar um novo PIN. Alguns smartphones permitem que o usuário troque o PIN nas configurações. É possível que você tenha feito isso em algum momento e não se recorde.

Depois de três tentativas, o dispositivo estará com o PUK bloqueado, saiba como desbloquear a seguir!

Como descubro o meu código PUK?

A função única do código PUK é desbloquear o PIN, para que você volte a inserir e liberar o chip. A sigla vem do inglês e significa Personal Unlock Key (PUK). Diferente do PIN, que possui quatro números, o PUK é composto por oito dígitos. 

Assim como o PIN, o PUK está incluso na embalagem dos cartões SIM. Por isso, é importante guardar os números ou a embalagem antes de descartá-la. Porém, se você já se desfez dessa embalagem não há motivos para desespero. Veja algumas maneiras de desbloquear o PUK.

Passo a passo: como desbloquear o PUK

Depois de esgotar as tentativas para inserir o PIN, seu celular começará a exigir o código PUK para desbloqueio do cartão SIM. Você tem 10 tentativas válidas para desbloquear o PUK, a partir disso o chip é bloqueado definitivamente.

No entanto, após inserir corretamente o PUK, o celular voltará a exigir o código PIN. Por isso, é importante estar também com esse número no momento do desbloqueio.

Há algumas maneiras de conseguir os números do PUK. Para isso veja o passo a passo a seguir.

Passo 1: verificar o cartão que acompanha o chip

Os cartões SIM geralmente vêm acoplados a um cartão plástico onde se encontram os códigos PIN e PUK. Em alguns casos, o celular pode pedir o número PIN, de quatro dígitos, logo no momento da inserção do chip. O número de 8 dígitos que fica abaixo desse cartão é o seu código PUK. 

Porém, é muito comum que você já tenha se desfeito dessa peça. Se for o caso, tente os passos seguintes.

Passo 2: entrar em contato com a central de atendimento da operadora

Diferente do PIN, que tem um código padrão para cada operadora, o PUK costuma ser um código único. Por isso, se você não tem mais o cartão que acompanhava o chip na embalagem, será necessário entrar em contato com a central de atendimento da operadora do chip para conseguir o código.

Lembre-se no momento da ligação de pegar o número do PIN também, pois ele será necessário para o desbloqueio, logo que você inserir corretamente o código PUK.

Veja os telefones das centrais de atendimento das principais operadoras do Brasil:

  • TIM: para ligações feitas via celular o número da central de atendimento da TIM é o *144. Já para telefones fixos, o cliente deve ligar para o 1056;
  • Vivo: tanto de um telefone fixo quanto de um celular, a central da operadora pode ser acessada pelo 1058. Para celulares da própria operadora, o cliente pode entrar em contato também pelo *8486;
  • Oi: a central de atendimento da operadora pode ser acessada pelo *144 dos números da Oi ou pelo 1057 em celulares de outras operadoras e telefones fixos;
  • Claro: o cliente pode entrar em contato pelo 1052 de qualquer telefone.

No contato, não se esqueça de pedir também o seu número PIN. 

Passo 3: desbloquear o PUK

Com o PUK em mãos, insira o número corretamente enquanto ele é solicitado no celular. Lembre-se de ter cautela, pois após 10 tentativas o chip pode ser bloqueado por definitivo.

Então, o celular irá pedir o número PIN. Insira o número que foi informado nas etapas anteriores. Lembre-se que você tem 3 tentativas. Depois, o celular voltará a pedir o código PUK.

O PIN fornecido não funciona: como desbloquear?

Em alguns casos, o PIN pode ter sido alterado manualmente no próprio aparelho. Se essa for a situação, existem algumas formas de recuperá-lo. 

Uma delas é por meio dos recursos de segurança, como o Smart Lock, no caso do Android. Se o recurso tiver sido configurado, para desbloquear o aparelho, basta levá-lo até um local específico que a tela será destravada automaticamente. Para configurar o Smart Lock basta acessar Configurações> Tela de Bloqueio> Smart Lock.

Outras opções para o usuários de dispositivos Android é o acesso aos Gerenciadores do Dispositivo. Você pode utilizá-los remotamente no Gerenciador de dispositivos do Android. Por meio dele você pode selecionar “Limpar o Dispositivo” para que o sistema faça uma limpeza e o aparelho possa ser reutilizado. Porém, é recomendado que esse recurso seja usado apenas em casos de urgência, uma vez que alguns dados podem ser perdidos.

Uma outra alternativa nesses casos é tentar inserir o chip em outro dispositivo. O número PIN é alterado nas configurações do próprio celular, e portanto a alteração pode ser válida apenas para aquele dispositivo.

Pronto! Agora não tem mais mistério sobre o PUK e você deve conseguir desbloquear o seu chip. Se procura mais dicas e informações, acompanhe o blog Mais TIM!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui