O WhatsApp causou uma revolução na forma como nos comunicamos na era digital. Em vez de ligações, os áudios tomaram conta do microfone. Em vez da tradicional interação de conversa ou do SMS, as mensagens digitadas assumiram o papel de protagonista. E, agora, esse movimento em direção à plataforma também vem sendo feito por quem procura impulsionar suas vendas no WhatsApp. É perfeitamente possível e vamos dizer como.

Os números do app no Brasil e no mundo são impactantes, pra não dizer assustadores. Segundo as estimativas, um brasileiro normal abre o aplicativo entre 70 e 150 vezes durante o dia, e são mais de 100 milhões de usuários no país. Mais de 42 milhões de mensagens são enviadas diariamente no mundo. São mais de 1 bilhão de grupos na plataforma.

Agora, tente dimensionar o potencial que reside no app para quem atua com vendas. É difícil de mensurar o resultado em dados, porém é muito fácil de entender o porquê de tantos empreendimentos dedicarem uma parte de seus planejamentos a essa rede social como canal de negócios.

Confira nossas 11 dicas para que você impulsione suas vendas no WhatsApp e estabeleça formas mais modernas de entrar em contato com seus clientes. Informação estratégica: a TIM conta com planos com WhatsApp sem descontar da franquia.

Confira!

Leia mais: Você sabe o que é um infoproduto? Descubra e ganhe dinheiro na web!

QUER REDES SOCIAIS LIBERADAS PARA SEU CELULAR? AQUI NA TIM TEM!

Dicas para aumentar as vendas no WhatsApp

1. Tenha um aparelho dedicado somente às vendas no WhatsApp

Sabe quando dizem para não misturar alhos com bugalhos? Ou quando dizem amigos amigos e negócios à parte? O que os ditos determinam é que você tenha disciplina para separar aquilo que faz parte da sua vida pessoal daquilo que representa a sua vida profissional.

Por isso, manter o WhatsApp empresarial em um aparelho dedicado a essa finalidade faz com que você mesmo entenda que essa separação deve ser mantida. Já pensou se pegar o hábito de tarde da noite ficar lendo sobre negócios e temas que precisarão ser resolvidos no dia seguinte? Não dá, porque senão você viverá para o trabalho.

É por isso que também é preciso separar o escritório do resto da casa na hora de montar um home office.

2. Dê destaque ao contato nas suas publicidades

Quer que o WhatsApp se torne um canal no qual os clientes podem buscar o contato com a empresa? Então, indique o número de maneira clara na sua publicidade sem esquecer de colocar o sinalzinho/logo do aplicativo. Do contrário, ele será interpretado simplesmente como um número de contato para ligações.

3. Organize a agenda dos contatos para vendas no WhatsApp

A organização da agenda de contatos profissional pode ser otimizada com algumas informações adicionais. Por exemplo, para facilitar a identificação do cliente, você pode salvar informações como telefone, nome e produto. Se o Ronaldo houver comprado uma camisa da seleção, anote Ronaldo Camisa da seleção.

Assim, você otimiza a comunicação com o cliente e prescinde de acesso à sua base de dados sempre.

4. Deixe o canal como meio passivo num primeiro momento

Imagine que o cliente entre em contato ou forneça seus dados de contato e logo em seguida receba uma propaganda com um catálogo dos produtos que ele nem solicitou. Ninguém gosta!

Por isso, deixe o canal como passivo pelo menos num primeiro momento, para que o cliente entre em contato e, esporadicamente, receba um lembrete da sua marca, porque quem é visto é lembrado!

5. Defina horários de atendimento

Assim como sua empresa, os canais de atendimento precisam ter um horário de atuação, e esse precisa estar claro para o cliente. Senão, ele vai achar que a resposta enviada às 18h01 e respondida na manhã seguinte, levou um “tempão” a ser atendida.

Por isso, sempre que divulgar o canal, divulgue também o seu horário de funcionamento.

Leia mais: Impulsione seu negócio com Wi-Fi para seus clientes

6. Crie listas de transmissão

Uma excelente ferramenta do WhatsApp é que ele permite que você use listas de transmissão, a partir das quais você envia uma mensagem para uma lista de até 256 contatos, porém eles a recebem individualmente.

Isso é importante porque não dá margem para aqueles comportamentos que sugerem correntes quando você trabalha com grupos. Mais importante ainda, porque sua marca não fica vinculada a esse tipo de prática, e identidade é tudo para seu negócio prosperar.

7. Faça uso das atividades automatizadas por chatbots

Você já reparou que, às vezes, vai conversar com uma empresa e os chatbots entram em atuação, perguntando com qual setor você deseja entrar em contato? Então, aparece uma lista de setores e “a empresa” espera que você clique o número da sua resposta! Eles podem até parecer desagradáveis, mas a verdade é que eles otimizam muito do tempo que o empreendimento despende com coisas outras que não as vendas no WhatsApp em si.

Se o cliente, por exemplo, só deseja realizar uma troca, é como que se toda a triagem fosse realizada por um robô. Quando o profissional humano entra em atuação, ele fala diretamente sobre a troca, minimizando o tempo de contato desse setor da empresa e disponibilizando-o mais rapidamente para o próximo cliente em contato.

8. Cuide da identidade visual do seu canal de vendas no WhatsApp

Não dedique a rede social a práticas que possam levar a interpretações por parte do cliente. Por exemplo, se vincular a partido político, a campanhas de salvamento dos rios, dos animais e por aí vai. Trate o canal como uma conta profissional que leva a cabo sua seriedade para o contato do cliente, e somente!

Note, porém, que não estamos dizendo que sua empresa não pode tomar partido na “vida”, mas que, tradicionalmente, esse tipo de conteúdo demanda explicações, posicionamentos, correlações, e as redes sociais permitem a publicação de conteúdos mais densos para essa finalidade.

Além disso, mantenha outras redes sociais ativas para publicidade, sobretudo porque o mobile marketing está cada vez mais em voga!

9. Fuja do mailing

Mailing é o serviço que dispara em massa mensagens para clientes de uma lista pré-formulada organizada pela empresa que promove o serviço. Porém, se os clientes não houverem buscado pelo seu serviço, poderão te denunciar à plataforma por spam.

Essa solução radical impediria suas vendas no WhatsApp porque, inclusive, pode levar ao banimento da conta. Ou seja, todo um trabalho para começar desde o passo 1 novamente, solidificando mais uma vez um canal de contato com seu cliente.

10. Utilize o WhatsApp Web

Escrever no celular já é uma prática bem comum em nossa sociedade, porém o teclado do notebook ou computador permite uma digitação mais acelerada, o que facilita a comunicação com o cliente. Por isso, dê uma chance à utilização da plataforma pelo acesso no site.

Além disso, lembre-se de que o WhatsApp Business é a alternativa que conta com ferramentas dedicadas exclusivamente para o contato com os clientes, entre elas a automatização de tarefas.

11. Construa uma rede de contatos maior a partir das social medias

Já imaginou se, por exemplo, sua lista de contatos potenciais viesse até você de maneira voluntária? Esse seria o caso, por exemplo, de você distribuir um cupom de desconto para quem solicitá-lo pelo número tal.

Como essa resposta pode ser inclusive automatizada (item 7), nada impede que você só tenha o trabalho de salvar o contato e realize cada vez mais vendas no WhatsApp.

Leia mais: 10 melhores profissões home office para trabalhar em casa

GARANTA AQUI SUA MELHOR OPÇÃO DE INTERNET MÓVEL

Vendas no WhatsApp: entendeu como funciona?

Como você pode ver, o WhatsApp é uma ferramenta poderosa de vendas. Basta ficar por dentro de todos os recursos disponíveis.

Se você gostou do nosso conteúdo, então acompanhe o Blog Mais TIM. Publicamos diariamente, pois você merece estar sempre bem-informado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui